Com recorde em novos casos, taxa de isolamento social é de apenas 36% em MS

Na Capital, índice foi ainda menor: 35,9%

A taxa de isolamento social na última terça-feira (16) foi medida em apenas 36,7% em Mato Grosso do Sul. O índice é compatível a antes da pandemia, quando não havia recomendação de isolamento. O número segue preocupando a SES (Secretaria de Estado de Saúde), que anunciou recorde de novos casos: 379 nas últimas 24 horas, com mais de 4 mil infectados no Estado.

A recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é que essa taxa de isolamento seja de, no mínimo, 70%. O Ministério da Saúde é mais tolerante e pede 60% – esta marca só foi alcançada pelo Estado uma única vez, logo no início da pandemia, em 22 de março.Com recorde em novos casos, taxa de isolamento social é de apenas 36% em MS

Com recorde em novos casos, taxa de isolamento social é de apenas 36% em MS
Foto: SES | Reprodução

Os baixos números de isolamento refletem diretamente no aumento de casos de Covid-19, que desde a 20ª semana epidemiológica só têm aumentado. Segundo dados organizados pela SES, foram 162 casos na 20ª semana (10 a 16 de maio), seguidos de 350 na 21ª (17 a 23 de maio); 560 na 22ª (24 a 30 de maio); 714 na 23ª (31 de maio a 6 de junho); e 1.104 na 24ª (7 a 13 de junho). 

Da 21ª semana até os dados do último sábado (23) – quando a 24ª semana foi concluída – o número de novos casos por período quase triplicou, revelando aumento de 215,14% em quatro semanas.

Nos números das últimas 24h, Campo Grande teve isolamento aferido em apenas 35,9%, enquanto nos municípios a menor adesão foi em Anaurilândia (29,7%) e a melhor em Novo Horizonte do Sul (62,5%). Confira AQUI para conferir a lista completa de municípios sul-mato-grossenses.

Com recorde em novos casos, taxa de isolamento social é de apenas 36% em MS
Mais notícias