Com quarentena e restrições, dois feriados de abril terão ‘cara de domingo’

Dias 10 e 21 deste mês são feriados nacionais, mas medidas durante a pandemia frustra planos de viagens

O mês de abril terá dois feriados nacionais: dia 10, pela Paixão de Cristo, e dia 21, em homenagem a Tiradentes. Só que estes dias de dispensa remunerada de trabalho terão aquele sabor agridoce, tal quando um feriado cai no domingo.

Isso porque as medidas adotadas durante a pandemia do novo coronavírus impuseram restrição de viagens, toque de recolher, limitação do comércio e, claro, a quarentena adotada como medida de contenção. Assim, os planos de muitos foram por água abaixo.

A advogada Tatiane Carvalho Costa, de 27 anos, já estava com tudo programado para uma viagem a Porto Seguro, na Bahia, durante o feriadão da Páscoa, na próxima semana. Eles sairiam de Campo Grande na quinta-feira (9) à noite e iriam amanhecer na cidade baiana, com retorno no domingo (12) à noite. Porém, e o noivo adiaram os planos.

“Acho muito difícil que as coisas estejam normais até lá. O que adianta viajar, mesmo que os hotéis estivessem funcionando, e ter quarentena na cidade? Isso sem falar o medo de passar no aeroporto e contrair essa doença. Estamos tentando deixar em aberto junto à agência, para caso no segundo semestre as coisas melhorem. Acho que só vela viajar depois disso tudo”, conta.

Os planos do autônomo Eduardo Ribeiro, de 33 anos, e da namorada Aline, de 28, eram menos ambiciosos. Distante 200 km de Campo Grande, o município de Rio Verde, conhecido pelos balneários e cachoeiras, seria o destino para o mesmo feriadão.

“A gente não sabe como está a situação lá, se a hospedagem está recebendo gente, se vai receber… Mas, o mais importante é que preferimos economizar. Somos autônomos e não dá para arriscar nesse momento. Nem sei nem quando será o próximo feriadão, e também não sei se vamos estar equilibrados até lá”, conta. “Não dá nem pra fazer um churrascão com os amigos”, brinca o autônomo.

De fato, seguir em viagem durante o próximo feriadão seria no mínimo frustrante. Em Bonito, principal destino de eco de MS, decreto municipal estabeleceu toque de recolher das 20h às 6h da manhã, suspendeu alvarás de localização e funcionamento para eventos com aglomerações e fecha de hotéis a albergues. Os passeios turísticos estão suspensos e até as vans estão proibidas de circular.

“Mesmo se a gente fosse de carro, não ia ter onde ficar. E se tivesse, não ia ter muito o que fazer. É uma pena. Vamos torcer para que semestre que vem isso tenha passado e a gente possa aproveitar os feriados”, opina Ribeiro.

Reembolso

Quem comprou pacotes de viagens que ocorreriam durante a pandemia – sobretudo a destinos com restrição, como países da Europa – podem requerer tanto o reembolso como a remarcação de datas. A maior parte das agências disponibiliza uma seção para que os próprios clientes possam fazer as solicitações sem a necessidade de se deslocar até o local.

Segundo o Procon-MS (Superintendência para Orientação de Defesa do Consumidor de MS), de acordo com a lei, o consumidor tem o direito de evitar que sua saúde seja colocada em risco, bem como as restrições da temporada também podem justificar adiamento da viagem sem custo, ou reembolso de valores. Caso as companhias se recusem a tomar providências, o consumidor pode e deve procurar a superintendência.

Próximos feriados

Não se sabe, ainda, qual a duração da pandemia ou quando as medidas restritivas seguirão com rigor. Porém, ainda há 8 feriados em Mato Grosso do Sul para, quem sabe, fazer uma programação – 6 deles caem em dias da semana. Confira:

Maio

Dia 1° (sexta-feira) – Dia do Trabalhador (feriado nacional)

Junho

Dia 11 (quinta-feira) – Corpus Christi (ponto facultativo)

Setembro

Dia 7 (segunda-feira) – Independência do Brasil (feriado nacional)

Outubro

Dia 11 (domingo) – Criação do Estado de MS (feriado estadual)
Dia 12 (segunda-feira) – Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional)

Novembro

Dia 2 (segunda-feira) – Finados (feriado nacional)
Dia 15 (domingo) – Proclamação da República (feriado nacional)

Dezembro

Dia 25 (sexta-feira) – Natal (feriado nacional)

Com quarentena e restrições, dois feriados de abril terão 'cara de domingo'
Mais notícias