Com menos alunos por sala, escolas particulares podem retornar antes da Reme 

O prefeito Marquinhos Trad também citou que os meios de transporte utilizados pelos alunos das escolas particulares são diferentes dos estudantes da Reme

Diferenças entre as e da Reme (Rede Municipal de Ensino) podem garantir o retorno das aulas presenciais da rede privada antes que a pública. A possibilidade de alocar um número menor de alunos em salas de aula é um dos pontos destacados pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), para a antecipação da volta às aulas presenciais.

“As elas se diferenciam das escolas públicas, isso é incontestável”, afirmou. Ao Jornal Midiamax, o prefeito lembrou que “é possível que elas [] voltem antes”. Sem data definida para o retorno da rede particular, o prefeito também observou a possibilidade de uma volta “junto com a Reme”.

Como exemplo das diferenças entre as redes de ensino privada e pública, Marquinhos citou os meios de condução que os alunos usam para chegarem até as escolas. “As crianças que estudam nas escolas públicas vão de transporte coletivo, nas bicicletas das mães ou avós, ou até mesmo a pé. As que vão em uma escola particular, geralmente vão em carros, sozinhas e com todos os equipamentos de proteção”, detalhou.

Além disto, o prefeito lembrou que a rede privada possui capacidade de distribuir um menor número de alunos em sala de aula. “A escola particular tem condições de colocar um número menor de alunos, diferente da escola pública, dentro das salas de aulas”.

Com menos alunos por sala, escolas particulares podem retornar antes da Reme 
Mais notícias