Em áreas de difícil acesso, equipes monitoram incêndio no Parque Nacional que já dura 48h

Segundo Corpo de Bombeiros, chamas destruíram hectares de vegetação seca e avança para áreas isoladas.

Equipes do Corpo de Bombeiros do Paraná e de Mato Grosso do Sul continuam monitorando, na tarde desta quinta-feira (24), o incêndio que atinge o Parque Nacional da Ilha Grande, em Naviraí, a 359 quilômetros de distância de Campo Grande. As chamas já furam 48 horas.

De acordo com o comandante do CPA (Centro de Proteção Ambiental) do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Waldemir Moreira, a técnica usada pelas equipes será isolar o fogo próximo as áreas alagadas.

“As chamas estão em uma área que chamamos de Ilha das Bandeiras. Temos o auxílio de helicópteros, pois é de difícil acesso. O fogo está ativo ainda, e vamos usar técnicas indiretas de combater fogo com fogo, isolando ele”, explicou.

Equipes de bombeiros de Naviraí, Mundo Novo, Caarapó, Paraná e brigadistas voluntários do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) estão monitorando as áreas atingidas pelo fogo desde terça-feira (22).

Incêndios no Pantanal

O Pantanal de MS enfrenta uma das piores estiagens dos últimos 50 anos. Com baixa histórica do Rio Paraguai, vegetações perderam alagamentos, comuns neste período do ano. Equipes estão combatendo incêndios na Serra do Amolar, em Corumbá, desde o início de fevereiro.

Conforme o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), desde janeiro, o fogo já devastou mais de 2,5 milhões de hectares no bioma pantaneiro, sendo 1,9 milhão apenas  no Estado.

Em áreas de difícil acesso, equipes monitoram incêndio no Parque Nacional que já dura 48h
Mais notícias