Com 982 casos em 24h e 55,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

Foram 20 mortes registradas nas últimas 24h, 15 delas de moradores de Campo Grande

registrou 982 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, conforme divulgado nesta quarta-feira (9) no boletim epidemiológico do novo coronavírus. O número reflete incremento de 1,8% na curva, resultando em uma média de mais de 40 casos por hora nas últimas 24 horas. Com isso, o total de infectados em MS chega a 55.345, com registro total de 1.007 mortes – 20 nas últimas 24 horas, conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Mais cedo, o boletim epidemiológico postado no site da SES (Secretaria de Estado de Saúde) trazia mais de 5 mil casos confirmados nas última 24 horas – o que foi corrigido apenas durante a transmissão ao vivo do boletim epidemiológico. As informações desta matéria foram retificadas e o Jornal Midiamax acionou a SES solicitando posicionamento acerca do erro publicado em site oficial. À reportagem, a SES confirmou a mudança e explicou que se trata de adiamento de novo critério para diagnóstico de novos casos de Covid-19, que passam a considerar diagnóstico clínico epidemiológico.

O boletim detalha, ainda, que MS já soma 227.797 casos notificados, dos quais 168.363 foram descartados. Há 1.257 amostras em análise no (Laboratório Central de MS) e parceiros, além de 2.823 casos que ainda aguardam encerramento pelos municípios. Os novos casos de Covid-19 apresentados hoje estão distribuídos em 58 dos 79 municípios de MS: Campo Grande lidera com 380 casos, seguida por Dourados (80), Nova Andradina (69), Corumbá (58), Aparecida do Taboado (34), Miranda (33), Três Lagoas (32) e Cassilândia (29), dentre outros.

Com 982 casos em 24h e 55,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus
Foto: SES | Reprodução

1.007 óbitos em MS

Nas últimas 24 horas foram registrados 20 óbitos, dos quais 15 foram de residentes em Campo Grande, 1 de Corumbá, 1 de Dourados, 1 de Miranda, 1 de Bela Vista e um de Ivinhema. Todos os óbitos ocorreram já no mês de setembro e as vítimas tinham entre 29 e 95 anos. Das 20 vítimas, apenas 3 não tinham relatos de comorbidades ou de fatores de risco.

Dos 55.345 casos confirmados, 45.830 já estão recuperados e 8.506 são casos ativos – destes, 8.027 estão em isolamento domiciliar e 479 estão internados, além de 7 de outros estados que não integram as estatísticas locais. Dos internados, 248 estão em leitos clínicos (149 públicos e 99 particulares) e 238 em leitos de (Unidade de Terapia Intensiva) (172 públicos e 66 privados).

Com 982 casos em 24h e 55,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus

A taxa de ocupação dos leitos Covid-19 – que considera tanto os casos suspeitos como os confirmados – passa por alteração: em relação aos 760 leitos clínicos adulto públicos disponíveis, 241 estão ocupados (32%). Dos 118 clínicos pediátricos, 4 estão ocupados (3%). Já em relação aos 369 leitos de adulto públicos, 202 estão ocupados (55%). Dos 9 leitos de pediátricos existentes, nenhum deles está ocupado (0%).

A taxa de ocupação global de leitos de em MS, por macrorregião, apresentou mudanças na região de Campo Grande, que teve o índice calculado em 68% de ocupação, sendo 37% dos 315 leitos de disponíveis da macrorregião estão ocupados com pacientes confirmados da Covid-19, enquanto 3% é com casos suspeitos. Além disso, 28% dos leitos estão ocupados com pacientes com outras enfermidades.

Na macrorregião de Corumbá, dos 27 leitos existentes, 74% está ocupado, sendo 41% com pacientes confirmados ou suspeitos de Covid-19 e 33% com pacientes com outras enfermidades. Dourados vem na sequência, com 71% da taxa de ocupação global, seguida por Três Lagoas, com 48%. Confira os detalhamentos na tabela abaixo.

Clique AQUI para conferir o boletim epidemiológico na íntegra. Atualizada às 10h48 para correção de informações oficiais.

Com 982 casos em 24h e 55,3 mil infectados, MS passa de mil mortes por coronavírus
Mais notícias