Com 831 casos em 24h, MS soma 61,7 mil infectados e tem 1.133 mortes por coronavírus

Foram 11 novas mortes registradas e MS tem média de 15,5 mortes por dia

já soma 61.794 casos confirmados de coronavírus, com 831 novos casos registrados nesta quinta-feira (17), conforme o boletim epidemiológico divulgado diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Foram registrados mais 11 óbitos causados pela .

Com bases nos números, a média móvel no Estado foi calculada em 821,14 casos por dia, nos últimos 7 dias. O boletim traz que nas últimas 24 horas foram registrados 11 novos óbitos, elevando o total de vítimas fatais em MS para 1.133 e a média móvel em 15,57 óbitos por dia, nos últimos 7 dias. Do total de 1.133 óbitos, 480 foram em Campo Grande, 119 mortes em Corumbá e 90 em Dourados.

As mortes registradas nas últimas 24 horas foram em Campo Grande (5), Cassilândia (1), Corumbá (1), Coxim (1), Guia Lopes da Laguna (1), Ladário (1) e Sonora (1).

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 245,3 mil casos notificados, dos quais 179 mil foram descartados. Há 1.396 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 3.095 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 357 novos casos, seguida por Dourados (79 casos), Corumbá (68), Três Lagoas (43), Cassilândia (26), Miranda (26), Dois Irmãos do Buriti (29), entre outros. Confira a tabela na galeria abaixo para mais detalhes e demais localidades.

Internações e taxas de ocupação de leitos

Dos 61.794 casos confirmados em MS, 55.022 pacientes já estão recuperados. Em relação às internações, MS tem 485 pacientes internados, além de quatro pacientes de outros estados que não são contabilizados como confirmados de MS. Destes, 269 pacientes estão em leitos clínicos (195 públicos e 74 privados) e 220 em leitos de (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 153 estão em leitos públicos e 67 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 74% em Campo Grande, 52% em Dourados, 45% em Três Lagoas e 82 % em Corumbá. A taxa de contágio está calculada em 1,04 – a meta da SES é alcançar uma taxa menor que 1, que significa controle da doença.

“Tivemos um decréscimo nos últimos cinco dias. Passamos de 1,12 para 1,04. Está próximo daquilo que gostaríamos de alcançar, lutamos para que haja decréscimo para 1 ou menor do que 1. Haveremos de conquistar com ajuda de todos”, disse o secretário Geraldo Resende.

As cidades com mais casos em MS são: Campo Grande (27.296 casos, com 480 óbitos), Dourados (6.611 casos, com 90 óbitos), Corumbá (3.491 casos, 119 óbitos), Sidrolândia (1.943 casos, 23 óbitos) e Aquidauana (1.794 casos, 49 óbitos).

Com 831 casos em 24h, MS soma 61,7 mil infectados e tem 1.133 mortes por coronavírus
Mais notícias