Cotidiano

Com 20 mortes em 24 horas, MS tem 248 óbitos e 17,3 mil confirmações de Covid-19

Mato Grosso do Sul já registra 17.386 casos positivos de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, conforme o boletim epidemiológico desta terça-feira (21). Os números trazem incremento de 749 novos positivos, além de 20 mortes – é o maior registro de óbitos em 24h em mais de 100 dias, conforme pontuou Geraldo Resende, titular da SES […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 21/07/2020, às 11h37 - Atualizado às 16h32

Foto: SES | Reprodução
Foto: SES | Reprodução - Foto: SES | Reprodução

Mato Grosso do Sul já registra 17.386 casos positivos de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, conforme o boletim epidemiológico desta terça-feira (21). Os números trazem incremento de 749 novos positivos, além de 20 mortes – é o maior registro de óbitos em 24h em mais de 100 dias, conforme pontuou Geraldo Resende, titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde). São 248 ao todo até o momento.

Os 749 casos positivos desta segunda fazem incremento de 4,5% na curva, que segue ascendente e com crescimento exponencial. Mesmo expressivo, os números podem ser maiores, já que a base de dados E-SUS VE – alimentada pelos municípios e a partir da qual a SES obtém os números consolidados – segue instável: são 6.349 casos sem encerramento nas vigilâncias municipais.

O boletim traz, ainda, um total de 88.383 notificações de Covid-19, das quais 62.251 foram descartadas. O Lacen-MS (Laboratório Central de MS) ainda processa 2.397 amostras biológicas – parte delas foram enviadas para laboratórios parceiros, tais como o Instituto Butantã (SP) e a Fiocruz (RJ).

Distribuição dos novos casos

Os 749 novos casos estão distribuídos em 20 municípios, com Campo Grande, mais uma vez, à frente: a Capital tem 204 casos, o que representa quase 27,23% do total. Na sequência vem Dourados, com 105 registros, contra 59 de Bataguassu, 40 de Caarapó, 33 de São Gabriel do Oeste, 31 de Aquidauana, 27 de Iguatemi e Sidrolândia, 21 de Três Lagoas, 19 de Aparecida do Taboado e Coxim, além de 17 de Itaquiraí e 13 de Terenos.

Ladário registrou 10 casos, contra 9 de naviraí, 9 de Amambai e Anaurilândia e 7 casos de Fátima do Sul, Itaporã e Chapadão do Sul. Corumbá registrou 6 casos e Camapuã, Maracaju e Ponta Porã registraram 5 casos, cada. Com 4 positivos estão Rio Verde de MT e Tacuru, seguidas por Batayporã, Paranaíba, Rio Brilhante e Rochedo (3 casos, cada).

Com 2 registros, cada, estão: Anastácio, Corguinho, Deodápolis, Ivinhema, Laguna Carapã, Mundo Novo, Nova Andradina e Sonora. Com um novo registro, cada, estão: Água Clara, Cassilândia, Costa Rica, Inocência, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul e Vicentina. Antônio João passa por retificação, com menos um registro.

Com 20 mortes em 24 horas, MS tem 248 óbitos e 17,3 mil confirmações de Covid-19
Foto: SES | Reprodução

Mais 20 óbitos confirmados

O boletim epidemiológico apresentou 20 óbitos confirmados nas últimas 24h, o que resulta em quase uma morte por hora. Vale lembrar, porém, que destes 20 registros, um ocorreu no dia 14 de julho, em Ponta Porã; dois ocorreram no dia 16, em Campo Grande e Corumbá; um ocorreu no dia 17, em Três Lagoas; e um no dia 18, em Itaquiraí – eles não estão no intervalo de 24h do boletim epidemiológico.

Segundo a adjunta da SES, Crhistinne Maymone, tratam-se de óbitos de casos suspeitos cujo exame comprobatório somente agora confirmou que os pacientes tinham Covid-19. O boletim, portanto, considera a data de confirmação e registro nas bases de dados.

Dentro do intervalo de 24h, estão 8 óbitos que ocorreram no dia 19 de julho; e 7 que ocorreram no dia 20 – 15 mortes, o que ainda seria o maior registro desde o início da série histórica. Vale destacar, ainda, que dos 20 registros desta segunda-feira, um deles não tinha relato de comorbidades – uma senhora de 56 anos que faleceu no dia 16 em Campo Grande.

As 20 mortes por Covid-19 interferem negativamente na média móvel da estatística, que foi calculada em 9,4 (aumentou). Já são 158 óbitos em julho, contra 70 em junho, 11 em maio, 8 em abril e 1 em março. O incremento aponta crescimento de 125% na comparação entre julho (parcial) e junho.

Casos ativos e internações

Dos 17.386 casos confirmados nesta segunda, 11.607 estão recuperados e 5.531 são casos ativos. Destes, 5.192 estão em isolamento domiciliar e 349 pacientes estão internados – além de 6 de outros estados que não integram as estatísticas do boletim local.

Com 20 mortes em 24 horas, MS tem 248 óbitos e 17,3 mil confirmações de Covid-19
Foto: SES | Reprodução

As internações contam com 178 pacientes em leitos clínicos (107 na rede pública e 69 na privada, além de dois internados em SP). Em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), são 177 internações, sendo 112 em leitos públicos e 65 em privados.

Com isso, a taxa de ocupação de leitos cativos para Covid-19 no SUS (Sistema Único de Saúde) passa por nova alteração: no cálculo que considera tanto pacientes confirmados da doença como os casos suspeitos, a taxa de ocupação dos 710 leitos clínicos disponíveis é de 33% (236 pacientes). Já de UTI é de 54%, considerando 145 internados em um total de 269 existentes.

Vale lembrar as taxas de ocupações globais – que levam em conta pacientes com suspeita de Covid-19, pacientes confirmados e demais enfermidades: Na macrorregião de Campo Grande, a taxa de ocupação global é de 87% dos 234 leitos de UTI existentes, contra 57% em Dourados (107 leitos), 37% em Três Lagoas (55 leitos) e 72% em Corumbá (22 leitos). Confira as tabelas abaixo para detalhamentos.

Avanço da Covid-19 em MS

O coronavírus permanece em 75 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, ou seja, 95% do território estadual. Campo Grande tem o maior número absoluto de casos positivos, com 6.420 confirmados, 36,93% do total em MS. Dourados vem em segundo, com 3,834 casos (22,05%). Corumbá tem 769 positivos (4,42%) e Três Lagoas tem 512 (2,99%). Confira as tabelas com detalhamentos.

O boletim epidemiológico do novo coronavírus é apresentado diariamente nas redes sociais do Governo de MS em transmissão ao vivo e é divulgado também no site www.coronavirus.ms.gov.br. Clique AQUI para conferir o boletim desta sexta-feira na íntegra.

Jornal Midiamax