Com 11,6 mil queimadas em 2019, MS sobe dez posições no ranking nacional

Foram mais de 9,2 mil focos a mais do que em 2018

Mato Grosso do Sul registrou 11,6 mil focos de incêndio em 2019, 9,2 mil ocorrências a mais do no ano anterior. Segundo dados do sistema de monitoramento do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), MSl estava em 16º no ranking de queimadas por estado em 2018 e passou para o 6º lugar em 2019.

Assim, o avanço de dez posições fez com que o total de focos de incêndio no MS representasse 5,9% do total brasileiro no ano passado. Em 2019, o Brasil registrou 197,6 mil focos de incêndio nos seis biomas, o número representa um aumento de 48% em relação ao ano anterior.

Em solo sul-mato-grossense estão principalmente os biomas Cerrado e Pantanal, que foi o com maior crescimento no número de queimadas em 2019. Em 2018 a quantidade de focos registrados no Pantanal era 1,6 mil e no ano passado este valor subiu para mais de 10 mil, ou seja, cerca de 493% a mais.

Corumbá foi o município de MS que mais registrou focos de incêndios, foram mais de 6,2 mil em 2019, 53% do total sul-mato-grossense. Em 2018, o número de queimadas foi 748 na mesma cidade.

 

 

Com 11,6 mil queimadas em 2019, MS sobe dez posições no ranking nacional
Mais notícias