Chuvas em maio já são o dobro do esperado para todo o mês em Campo Grande

Somente na sexta-feira a precipitação acumulou 28,8 milímetros; no mês, chuvas acumuladas somaram 188,4 milímetros.

O temporal que atingiu Campo Grande na tarde de sexta-feira (22) despejou em menos de 24 horas 28,8 milímetros de chuva sobre a cidade, derrubando pelo menos 13 árvores e fazendo enxurradas tomarem ruas em diferentes bairros. Sozinha, a precipitação do dia foi quase um terço da média esperada para o mês, de 90 milímetros –que, neste ano, já foi superada em mais de 100%.

Os dados foram apresentados pelo meteorologista Natálio Abrão, segundo quem, em 22 dias, maio registrou 188,4 milímetros de chuva. “O esperado para o mês era de 90 milímetros”, afirmou.

O relatou pelo menos 13 quedas de árvores que necessitaram atendimento durante a tarde de sexta-feira, enquanto leitores do Jornal Midiamax enviaram vídeos e fotos de ruas tomadas pela água em bairros como o São Conrado, Planalto e .

A possibilidade de chuva, pelo menos até a próxima quarta-feira (27), é baixa. O (Instituto Nacional de ) indica um domingo (24) de céu parcialmente nublado a claro com névoa úmida em áreas isoladas na Capital.

De segunda (25) a quarta, a expectativa é de dias claros com névoa seca. Os termômetros devem ficar entre 8 ºC e 24 ºC nesses dias –as temperaturas máximas ficarão mais altas ao longo da semana. Contudo, na próxima semana, podem ocorrer novas chuvas.

Chuvas em maio já são o dobro do esperado para todo o mês em Campo Grande
Mais notícias