Cavalo doente é abandonado por dono, agoniza por horas e morre no meio da rua em MS

Caso dono seja identificado, ele responderá judicialmente

Um cavalo doente foi abandonado e morreu no meio da rua, no bairro de Lourdes, em Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. O caso foi denunciado neste sábado (19) a um grupo de proteção aos animais e a foi acionada.

De acordo com as informações de moradores, o animal foi abandonado pelo dono e agonizava, sem conseguir se levantar desde a sexta-feira (18). Moradores da região chegaram a levar água e comida, mas o animal estava bastante debilitado e não conseguia se alimentar.

No início da tarde deste sábado, conforme o JP News, os moradores conseguiram transporte para retirá-lo, mas pouco tempo depois do resgate o animal morreu. A foi acionada e fez a destinação do corpo do animal.

Testemunhas afirmaram que um homem esteve no local e disse que o cavalo era dele. Ainda, segundo o dono, a doença não tinha cura e ele já teria gastado cerca de R$ 500 com o tratamento. Caso seja identificado, ele responderá judicialmente.

Atualmente, a legislação prevê detenção de três meses a um ano e multa para maus-tratos contra animais e, se a agressão resultar em morte, a punição é aumentada de um sexto a um terço. Com o projeto, quando se tratar de cão ou gato, a pena será de dois a cinco anos de reclusão, multa e proibição da guarda.

O projeto foi aprovado em 9 de setembro pelo Senado e depende apenas de sanção do presidente para virar lei.

Cavalo doente é abandonado por dono, agoniza por horas e morre no meio da rua em MS
Mais notícias