Casos de dengue dobram na última semana e MS tem 2,2 mil novos registros da doença

Dos 79 municípios do estado, 78 estão com alta incidência de dengue

Na última semana, Mato Grosso do Sul registrou 2.280 novos casos de , totalizando 17.364 pessoas com a doença por todo o estado. Com aumento de 55%, o número de novos registros é praticamente o dobro da última semana, que teve 1.463 novos casos.

Os dados são do boletim epidemiológico, publicado pela (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (08). De acordo com os novos registros, São Gabriel do Oeste, Anaurilândia e Alcinópolis são as cidades com maior incidência de no estado, são mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes.

Das 79 cidades do estado, apenas Taquarussu possui média incidência, as demais cidades estão classificadas com alta incidência. No boletim da última semana, publicado em 1º de abril, três municípios sul-mato-grossen ainda estavam classificados com média incidência.

Em Campo Grande o número de casos de chega a 5.777, sendo 444 registrados na última semana. Em todo o MS foram registrados 22 mortes causadas pela doença.

Como evitar a ?

  • A é transmitida pelo mosquido Aedes Aegypti, que costuma se proliferar em locais com água parada. Segundo a , as melhores formas de prevenir a doença são:
    Manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
  • Lavar semanalmente com água e sabão tanques utilizados para armazenar água;
  • Manter caixas d’agua bem fechadas;
  • Remover galhos e folhas de calhas;
  • Não deixar água acumulada sobre a laje;
  • Encher pratinhos de vasos com areia ate a borda ou lavá-los uma vez por semana;
  • Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
  • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
  • Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
  • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
  • Acondicionar pneus em locais cobertos;
  • Fazer sempre manutenção de piscinas;
  • Tampar ralos;
  •  Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
  • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
  • Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
  • Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;
  • Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
  • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.
Casos de dengue dobram na última semana e MS tem 2,2 mil novos registros da doença
Mais notícias