Candidato desiste das eleições para reitor da UFMS após denúncia de plágio

Augustin Malzac foi acusado de plagiar o programa de gestão de uma universidade do Rio de Janeiro

Após ter o programa de gestão acusado de plágio, Augustin Malzac desistiu de concorrer ao cargo de reitor da ( Federal de Mato Grosso do Sul). Augustin concorria pela chapa “ para Tod@s” e retirou a candidatura nesta sexta-feira (10).

O plano de gestão apresentado pelo candidato possuía 11% de conteúdo plagiado, segundo a Comissão Eleitoral. O material foi criado originalmente pela Chapa Juntos Pela UFF ( Federal Fluminense), instituição do .

Como vice, Augustin tinha Marta Nunes da Costa, que promovia lives nas redes sociais para discutir as propostas da chapa. Além do plágio no plano de gestão, o então candidato era visto com posicionamento político de direita.

Isto pois Augustin frequentou no Ensino Fundamental e Médio. Além disto, cursou especialização em Medicina Militar na Escola de Saúde do Exército.

Os responsáveis pela denúncia de plágio são o atual reitor Marcelo Turine e a vice-reitora Camila Ítavo. Juntos eles compõe a chapa “Todos Somos +

Eleições – As eleições para nova gestão da  ( Federal de Mato Grosso do Sul) devem acontecer em 17 de julho. Então, devido a do coronavírus e a suspensão das aulas presenciais, os processos acontecerão por meio de plataforma online.

Candidato desiste das eleições para reitor da UFMS após denúncia de plágio
Mais notícias