Campo Grande pode ter tempestade com granizo e ventos de até 50 km/h, diz previsão

Pancadas de chuva devem ocorrer entre o final da tarde e começo da noite, acompanhadas de rajadas de ventos e descargas elétricas

A tempestade se aproxima de Campo Grande nesta quarta-feira (14), conforme a meteorologia. A chuva rápida, mas intensa, pode vir acompanhada de raios, ventos de até 50 quilômetros por hora e queda de granizo. O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), faz recomendações à população, para proteção em caso de tempestades.

O meteorologista Natálio Abraão, da Anhanguera, explica que há um centro de baixa pressão no , que associado ao corredor de umidade da , acaba formando as áreas de instabilidade em Mato Grosso do Sul.

“O corredor de umidade da , associado a esse centro de baixa pressão, vai permitir a formação de nuvens mais carregadas com possibilidade de pancadas de chuvas no centro–sul do Estado, entre Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, incluindo Amambai”, explica o meteorologista.

Dessa forma, as pancadas de chuva devem ocorrer no fim da tarde e começo da noite, acompanhadas de trovoadas, rajadas de ventos que devem ultrapassar os 50 km/h e descargas elétricas.

“Isso significa que essas áreas devem seguir pelo menos até esta quinta-feira, com possibilidade de se espalhar por todo o Estado, ai teremos a regiões de Aquidauana, Miranda, Bodoquena, Corumbá e Ladário com grandes chances de pancadas de chuva mais significativas”, destaca.

Já na sexta-feira, a tendência é que essas áreas de instabilidade fiquem mais restritas na região sul. “Mas não descartamos chuvas isoladas em Campo Grande, Terenos e também em Sidrolândia na sexta”, finaliza.

Recomendações

Em caso de ventos fortes: não estacionar embaixo de árvores, placas de propaganda e torres de transmissão, pois há risco de queda. Em caso de chuvas fortes: jamais permita que alguém suba nos telhados após a chuva, há risco de queda; não enfrente pontos de alagamentos ou enxurradas temporárias, procure rotas alternativas; se estiver no trânsito, procure lugar seguro e espere a chuva passar. Caso não conseguir, dirija sempre devagar, acenda farol baixo, mantenha distância de veículos a sua frente.

Em caso de raios: evite estar em local aberto; não se abrigue embaixo de árvores; não esteja próximo a cercas de metal; esteja calçado; desligue eletroeletrônicos da tomada; não fique em pontos altos como morros ou topos de prédios; não se abrigue embaixo de estruturas metálicas. Em caso de granizo: colocar papelão para forrar por dentro o para-brisa do carro. Isso evita que, em caso ocorra quebra do vidro por granizo, os cacos machuquem ocupantes. Após a chuva de granizo, o piso fica escorregadio, recomenda-se cuidado ao se deslocar.

Campo Grande pode ter tempestade com granizo e ventos de até 50 km/h, diz previsão
Mais notícias