Campo Grande terá barreiras sanitárias para identificar motoristas com coronavírus

Ação nas saídas da cidade vai informar condutores e passageiros sobre a doença; pessoas com febre farão testes de Covid-19 e serão encaminhadas para providências

A Prefeitura de Campo Grande vai instalar na próxima semana barreiras sanitárias nas saídas da cidade, a fim de informar motoristas sobre o coronavírus (Covid-19) e realizar testes para buscar infectados. A megaoperação envolverá mais de 200 pessoas ao longo de 12 horas, segundo informou o Paço Municipal.

Com as informações, espera-se conscientizar motoristas que circulam entre as cidades sobre o risco da doença e, com os testes, a intenção é aumentar a checagem sobre o espalhamento da Covid-19. Os motoristas serão abordados por profissionais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e voluntários, terão a temperatura corporal auferida e receberão dicas sobre como se prevenir da Covid-19.

Caso os testes detectem estado febril –um dos principais sintomas do coronavírus–, motorista e passageiros farão o teste rápido do vírus e serão encaminhados para outras providências.

A ação será realizada em parceria com o Governo do Estado, que já mantém 17 barreiras sanitárias nas divisas e fronteiras do Estado, bem como no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Ao passar por uma barreira, o condutor receberá um adesivo indicando que foi liberado para trafegar.

Nesta sexta-feira (22), Mato Grosso do Sul totalizou 805 casos de coronavírus, com 17 mortes e 269 pacientes recuperados. Do total de infectados, 224 são de Campo Grande.

Campo Grande terá barreiras sanitárias para identificar motoristas com coronavírus
Mais notícias