Barreira sanitária: Pelo menos 150 brasileiros voltaram da Bolívia nesta sexta

Os repatriados entraram no Brasil pelo município de Corumbá

Nesta sexta-feira (03), cerca de 150 brasileiros que estavam na Bolívia retornaram ao Brasil. Devido ao coronavírus, todos passaram pela barreira de controle sanitário, montada na sede da Receita Federal de Corumbá.

Quatro ônibus trouxeram os repatriados da cidade boliviana Santa Cruz de La Sierra até a fronteira brasileira. De acordo com informações do Ministério das Relações Exteriores, outras 930 pessoas procuraram os postos consulares brasileiros na Bolívia com pedidos para retornar ao país de origem.

Para facilitar o retorno destes brasileiros, os consulados-gerais decidiram que a volta deve ser realizada pela fronteira terrestre em Mato Grosso do Sul. Como medida de segurança durante a pandemia do coronavírus, foram instaladas barreiras sanitárias e agentes das forças de segurança de MS realizarão triagens nos estudantes que regressarem ao Brasil.

Nas barreiras, agentes da Polícia Federal também deverão conferir as documentações dos repatriados e os técnicos da Anvisa são responsáveis pelo acompanhamento clínico de quarentena dos brasileiros, devido ao coronavírus.

Os estudantes serão liberados da barreira apenas após todas as verificações e avaliação do estado de saúde. Quando liberados, estes brasileiros poderão seguir para os destinos finais dentro do país.

Mais repatriados – Segundo o Governo de MS, nos próximos três dias cerca de 930 brasileiros repatriados da Bolívia devem voltar ao país, pela cidade de Corumbá. O segundo grupo de residentes em Santa Cruz de la Sierra, com 250 pessoas, chega neste sábado (04). Outro grupo, com pelo menos 150 brasileiros que estão Cochabamba, ainda não tem data definida para retorno.

Barreira sanitária: Pelo menos 150 brasileiros voltaram da Bolívia nesta sexta
Mais notícias