Cotidiano

Barreira Sanitária: Motorista é flagrado fazendo transporte irregular de passageiro

Um motorista de 35 anos foi flagrado fazendo transporte irregular de passageiros, na barreira sanitário do posto de fiscalização Lampião Aceso, na BR-262. Ele foi multado e teve o carro apreendido, além de ser pontuado na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) pelas equipes da Agetrat (Agência Municipal de Trânsito) e da Vigilância Sanitária de Corumbá. […]

Ana Paula Chuva Publicado em 29/04/2020, às 10h26 - Atualizado às 10h27

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

Um motorista de 35 anos foi flagrado fazendo transporte irregular de passageiros, na barreira sanitário do posto de fiscalização Lampião Aceso, na BR-262. Ele foi multado e teve o carro apreendido, além de ser pontuado na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) pelas equipes da Agetrat (Agência Municipal de Trânsito) e da Vigilância Sanitária de Corumbá.

De acordo com o site Diário Corumbaense, ele foi abordado na barreira e no veículo estavam uma boliviana e três brasileiros, entre eles uma criança. Os cinco seguiam viagem para Corumbá e uma das passageiras disse ter pago R$ 125 pela corrida.

À fiscalização, o motorista disse que fazia o transporte dos passageiros a mando de uma empresa de viagem, que não poderia fazer o serviço de Van, já que o embarque e desembarque de viajantes no município estão proibidos por decreto municipal de prevenção ao coronavírus (Covid-19).

Os passageiros passaram por procedimentos médicos com a equipe da Vigilância Sanitária e foram escoltados até seu destino. A boliviana foi cadastrada e leva pela equipe até a região da fronteira para fazer o desembarque em linha internacional.

Já o motorista, além de ter o carro apreendido, foi autuado por fazer transporte remunerado de pessoas sem permissão, infração de natureza média prevista no Código de Trânsito Brasileiro e perdeu 04 pontos na carteira combinado com a Lei Municipal que enquadra como transporte remunerado de pessoas sem permissão cuja a multa é de 500 VRM (Valor de Referência do Município) atualmente em torno de R$ 995, 00.

Jornal Midiamax