Bares e restaurantes de Bonito apresentam plano de biossegurança para retornar atividades no próximo mês

Protocolos foram entregues e aguardam aprovação do Poder Executivo Municipal.

Associações de bares, restaurantes e empresas de transporte turístico de Bonito, 295 quilômetros de Campo Grande, apresentaram nesta segunda-feira (15), para a prefeitura municipal, um plano de biossegurança para reabertura dos atrativos turísticos da cidade, prevista para 1° de julho.

Para o secretário de Turismo, Industria e Comércio de Bonito, Augusto Mariano, cada setor e segmento do município deve apresentar documento semelhante durante esta semana, somando sete protocolos de biossegurança no município.

“Cada setor será instruído, detalhadamente, sobre a forma correta de receber os visitantes sem expor a comunidade local, garantindo segurança a todos. O turismo é o principal empregador no município e uma das principais receitas. Nós precisamos pensar coletivo, para que essa retomada aconteça, pois muitas empresas já não estão suportando os impactos do fechamento”, disse.

Conforme o presidente da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Alexandre Fredrich, houve uma queda no movimento dos bares e restaurantes de até 80%. Outro receio dos empresários, é a baixa movimentação mesmo com as portas abertas. A expectativa é de voltar a normalidade entre 30 a 60 dias após a reabertura.

“A maioria dos estabelecimentos do setor alimentício atendem ao turista, então como ficamos sem esse público, houve uma queda muito grande na movimentação, o que levou alguns locais a optarem até pelo fechamento durante este período. Então a gente espera que isso vá melhorar a partir do próximo mês”.

Faete Jacques Teixeira, presidente da Abetul (Associação Bonitense das Empresas de Transporte Turísticos e Locadoras), explica que os veículos terão capacidade máxima de até 50% no transporte de entre os município, como da Capital a Bonito. “Será obrigatório medir a temperatura de cada passageiro antes do embarque. Então é importante que as pessoas busquem marcar as passagens com antecedência, para garantirmos melhor atendimento a todos”, finaliza.

Bares e restaurantes de Bonito apresentam plano de biossegurança para retornar atividades no próximo mês
Mais notícias