Avenida Ernesto Geisel será interditada na segunda-feira para obras de revitalização

Trecho da Avenida Ernesto Geisel entre as Ruas Sol Nascente e Ceres ficará fechado por 90 dias; confira rotas alternativas

A Avenida Ernesto Geisel será interditada pela Prefeitura de Campo Grande, na pista sentido bairro-centro, no trecho entre as Ruas Sol Nascente e Ceres, no bairro Marcos Roberto. Por isso, motoristas que usam a via terão de usar uma rota alternativa para chegar ao Centro. A interdição deve durar 90 dias e é necessária para a retomada das obras de revitalização e controle de enchentes do .

A (Agência Municipal de Transporte e Trânsito já definiu uma rota alternativa para os motoristas. A sugestão para quem seguir para o Centro pela Ernesto Geisel é virar à direita na Avenida Manoel da Costa Lima, acessar a Rua Antônio Bittencourt Filho e, depois, converter para entrar na Avenida das Bandeiras.

Quem desejar seguir para o Marcos Roberto e Jockey Clube ou retornar à Ernesto Geisel depois do trecho interditado pode seguir pela Rua Sol Nascente, acessar a Rua Pirineus, depois a Rua Ceres e, por fim, chegar à Avenida.

Já quem estiver na Rua José Paes de Farias deve seguir pela Rua do Aquário e, dali, converter à esquerda na Avenida das Bandeiras, rumando para o Centro.

Mesmo com as obras, a travessia sobre o que liga a Avenida Europa (Vila Jacy) à Rua Bonsucesso (Marcos Roberto) continuará aberta. Esse trajeto permitirá que motoristas cheguem ao Centro pela Avenida das Bandeiras ou voltem à Ernesto Geisel pelas Ruas Pirineus e Ceres.

Durante a interdição, será implantado um novo interceptor da rede de esgoto, com 1,5 mil metros de extensão, por meio de duas frentes de serviço –nas Ruas Ceres e Bonsucesso e da Bonsucesso à Rua Sol Nascente. Um trecho adicional sairá deste ponto até a Rua do Aquário. A estrutura coletará o esgoto dos bairros e o enviará à ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) do Los Angeles.

A revitalização e as obras e controle de enchentes do haviam sido paradas há 9 meses devido a atrasos nos repasses de recursos federais. A Caixa Econômica Federal precisou aprovar a reprogramação do projeto, elevando em R$ 1,5 milhão a obra –em recursos próprios do município e parceria com o Governo do Estado.

Nesta fase, haverá mais movimentação de terra e trecho de 1,5 km da pista bairro-centro da Ernesto Geisel será praticamente refeito, recebendo novas base e capa asfáltica. A estrutura não estava prevista no projeto original, feito há 8 anos.

Avenida Ernesto Geisel será interditada na segunda-feira para obras de revitalização
Mais notícias