Cotidiano

Atendimentos no Procon continuam suspensos até 15 de maio

A Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), prorrogou até 15 de maio a suspensão dos atendimentos no Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) devido ao coronavírus, conforme resolução publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (29). Conforme a publicação assinada pela titular da Sedhast, Elisa Cleia P...

Renata Volpe Publicado em 29/04/2020, às 08h22

Sede do Procon-MS.(Edemir Rodrigues, Divulgação)
Sede do Procon-MS.(Edemir Rodrigues, Divulgação) - Sede do Procon-MS.(Edemir Rodrigues, Divulgação)

A Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), prorrogou até 15 de maio a suspensão dos atendimentos no Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) devido ao coronavírus, conforme resolução publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (29).

Conforme a publicação assinada pela titular da Sedhast, Elisa Cleia Pinheiro, considerando os desdobramentos decorrentes da pandemia do Covid-19, com o surgimento de casos específicos em Mato Grosso do Sul e a decretação de estado emergencial pelo município de Campo Grande, os atendimentos foram suspensos até o dia 15 de maio de 2020, assim como a realização de audiências de conciliação e os prazos dos processos instaurados no Procon, até metade do próximo mês.

A Sedhast tinha prorrogado a suspensão até 3 de maio, mas precisou alterar a data devido a disseminação do coronavírus.

Jornal Midiamax