Áreas de instabilidade ajudam a reduzir ‘cortina de fumaça’ sobre Campo Grande

Fumaça das queimadas não conseguiu encobrir o céu da Capital nesta sexta

As áreas de instabilidade que estão se formando em já contribuíram para a redução da intensa cortina de fumaça em Campo Grande. Nesta sexta-feira (18) já se observa a diminuição da névoa.

A chuva que pode chegar neste fim de semana ameniza ainda mais a situação, mas não resolve. “A chuva melhora, mas não resolve. Só uma próxima chuva que vai limpar isso”, afirmou o meteorologista Natálio Abraão, da Anhanguera/.

A tão esperada chuva se aproxima e pode atingir áreas isoladas de  nesta sexta-feira (18). Neste período, as áreas de instabilidade também aumentam, podendo chover em Campo Grande no domingo (20), dois dias antes da chegada da primavera, na terça-feira (22).

 

Áreas de instabilidade ajudam a reduzir 'cortina de fumaça' sobre Campo Grande
Mais notícias