Arara é resgatada machucada em avenida após se ferir com linha de cerol em Campo Grande

Chamou a atenção o fato de que animal foi seguido por outras duas araras, que acompanharam todo o resgate

Somente na manhã desta terça-feira (04), três aves machucadas por linhas de cerol foram resgatadas pela (Polícia Militar Ambiental) em Campo Grande.

Um dos casos foi o de uma Arara-Canindé, que caiu no meio da e por pouco não foi atropelada. “Meu irmão viu a arara, mas ninguém parava para ajudar”, relatou Lucineide Francisco Alexandre, irmã de Genivaldo, que resgatou o animal.

Ele é autônomo e estava indo realizar um serviço quando viu a cena, mas nem assim ele pensou em deixar a ave machucada para trás. O homem levou a arara até a casa da irmã, na Vila Nha-Nha e outras duas araras, provavelmente da mesma família, o seguiram e ficaram na residência até a chegada dos policiais ambientais.

“Primeiro elas ficaram num poste aqui e depois foram para uma palmeira. Só saíram quando os policiais foram embora”, relatou Lucineide.

A resgatou a arara e a encaminhou até o (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres).

PapagaioOutro resgate

No outro caso, um papagaio foi encontrado com a asa quebrada no Bairro São Conrado, em frente à Avenida Lúdio Martins Coelho.

Lucas Pereira estava saindo para trabalhar, quando viu o animal caído na sua calçada. “Ele estava com a asa quebrada e tinha um corte fundo. Tirei a linha que estava nele e o deixei em uma caixa”, conta o funcionário de uma autopeça.

O papagaio também já foi resgatado.

Arara é resgatada machucada em avenida após se ferir com linha de cerol em Campo Grande
Mais notícias