Após positivo de coronavírus em servidora, Saúde monitora para evitar ‘surto’ no Detran-MS

Servidora que testou positivo foi afastada temporariamente das atividades na sede do departamento.

O Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul) acionou a SES (Secretaria Estadual de Saúde) e Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), para monitorar e auxiliar na redução de danos, após uma servidora da sede do departamento, em Campo Grande, testar positivo para coronavírus, como orienta a Vigilância Sanitária, para evitar um possível surto e avanço da doença.

O departamento informou que as primeiras orientações foram seguidas assim que tomaram ciência dos sintomas notificados pela servidora pública. Sobre os demais servidores que tiveram contato com ela, serão submetidos ao exame aqueles que apresentarem os sintomas, caso contrário, permanecerão em casa pelo período estipulado e retornarão as atividades normalmente.

As secretarias orientaram afastar todos os colegas que tiveram contato próximo com a paciente. Além disso, os setores passaram por limpeza rigorosa e devem continuar monitoram a desinfecção dos blocos nos próximos dias.

“Todos os servidores afastados e familiares da servidora deverão permanecer em isolamento domiciliar por 7 dias e foram devidamente orientados a entrar em contato com a Unidade de Resposta Rápida do município de Campo Grande, com plantão 24 horas, em caso de surgimento de sintomas respiratórios, estes, apresentando sintomas, terão coleta de amostras para exame de COVID”, explicou a SES em nota.

A servidora apresentou febre e passou por um disgnóstico do Lacen (Laboratório Central) que atestou positivo. Segundo a SES, esse teste foi coletado durante o período de sensibilidade, 7 dias de sintomas. Já o segundo, foi coletado fora deste prazo, que resultou em negativo, o que não altera seu diagnóstico primário.

Material atualizado às 16h51 para correção de informação.

Após positivo de coronavírus em servidora, Saúde monitora para evitar 'surto' no Detran-MS
Mais notícias