Após princípio de incêndio, Hospital Universitário vai remarcar atendimentos

Apenas unidade ambulatorial de ginecologia foi afetada

Após um princípio de incêndio atingir a unidade ambulatorial de ginecologia do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian nesta sexta-feira (6), profissionais da unidade ligarão para pacientes que seriam atendidos neste local para remarcar os atendimentos.

Diretor administrativo do Hospital, Cláudio César da Silva informou que somente uma sala do local foi atingida. “Na verdade, é uma sala de aula que tem na unidade, onde alunos e professores discutem os casos. Foi uma peça de ar-condicionado que caiu sobre uma cadeira de courino e gerou muita fumaça”, explicou.

O diretor afirmou que os atendimentos devem retornar na terça-feira (10). “Vamos fechar para fazer limpeza e adequação desse aparelho, verificar o que aconteceu, as estruturas e no máximo na terça já retornamos os atendimentos”, disse.

A unidade conta com brigada de incêndio que, segundo o diretor, foi fundamental para conter o princípio. “São funcionários treinados, o que é muito importante, principalmente para um hospital. O incêndio começou às 11h15 e 11h30 todos já estavam para fora da unidade, com os Bombeiros no local”.

Princípio de incêndio

Duas unidades dos Bombeiros atenderam nesta sexta-feira um princípio de incêndio no ambulatório de ginecologia do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian. Uma peça de ar-condicionado teria se desprendido e queimado uma cadeira, que gerou fumaça na unidade.

Os pacientes foram retirados da unidade e ninguém ficou ferido. O atendimento foi suspenso nesta sexta-feira e deve retornar na terça-feira (10).

Após princípio de incêndio, Hospital Universitário vai remarcar atendimentos
Mais notícias