Após ‘mini-férias’, aulas da rede estadual serão retomadas ainda à distância

Professores e alunos voltam da semana de descanso no dia 8, mas aulas seguem on-line

Após a SED (Secretaria Estadual de Educação) implantar uma ‘mini-férias’ para que professores e alunos possam descansar neste mês, as aulas vão continuar à distância, informou a secretária Maria Cecília Motta. O período de pausa nas teleaulas deve acontecer entre os dias 31 de agosto a 7 de setembro e o retorno on-line acontece no dia 8.

Em nas redes sociais, Maria Cecília disse que o bimestre escolar ainda deverá se encerrar remotamente e que uma data para o retorno presencial ainda deverá ser avaliado pelo Governo do Estado. Os diretores de todas as escolas estaduais em MS já foram orientados nesta segunda-feira (24).

“Nós não vamos retornar [presencialmente] a aula no dia 8, quero falar isso para vocês. Não vou dizer quando será o retorno porque quem decide isso é a governadoria. A gente espera fazer o término desse bimestre ainda remotamente”, disse.

Na última semana, também durante ‘ao vivo’ no Facebook, a secretária comunicou o período de sete dias de descanso dos servidores e alunos. “Percebendo o nosso desgastaste, professores, famílias, estudantes, a gente resolveu dar uma pausa para a rede estadual de ensino e vamos conversar com os municípios para nos acompanhar também”, disse a professora.

Comissão para definir volta às aulas

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) publicou um decreto no Diário Oficial no dia 6 de agosto, criando a Comissão Estadual Provisória de  no Mato Grosso do Sul. A ideia é discutir e definir estratégias e diretrizes para um retorno seguro às aulas presenciais, interrompidas pela pandemia de coronavírus.

A presidência da Comissão Estadual será exercida pelo representante da Secretaria de Estado de  e terá a duração de 6 meses, prorrogável por igual período, contado da data da publicação do ato de designação de todos os membros.

O grupo será composto por 19 membros titulares e igual número de suplentes das seguintes instituições: Secretaria de Estado de ; Conselho Estadual de ; Secretaria de Estado de Saúde, por intermédio do Centro de Operações de Emergências (COE); Superintendência para Orientação e  (PROCON/MS); Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia (PROSSEGUIR); União Nacional dos Dirigentes Municipais de  (UNDIME/MS); União Nacional dos Conselhos Municipais de  (UNCME/MS); VIII – Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (CRIE/MS); Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Mato Grosso do Sul (SINEP); Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino no Mato Grosso do Sul (SINTRAE).

Também vão participar Federação dos Trabalhadores em  de Mato Grosso do Sul (FETEMS); Associação das Instituições Particulares de Ensino de Campo Grande; Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de Mato Grosso do Sul (CONSEP/MS); Ministério Público, , Procuradoria-Geral do Estado, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas do Estado e Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (ASSOMASUL).

Após 'mini-férias', aulas da rede estadual serão retomadas ainda à distância
Mais notícias