Após denúncias, Prefeito vai fiscalizar uso de máscaras por motoristas de aplicativo e taxistas

Decreto obriga uso de máscaras por passageiros e motoristas em qualquer modalidade de transporte público

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciou nesta quinta-feira (7), durante transmissão ao vivo nas rede sociais, que a Prefeitura fiscalizará motoristas de táxis e de aplicativo. Segundo Marquinhos, o disk denúncias do coronavírus recebeu diversos relatos de passageiros sobre motoristas sem o uso do equipamento de proteção.

“Comuniquem às empresas o descumprimento social daqueles que estão exercendo esse labor. E você que está se utilizando momentaneamente desse serviço para reforçar sua renda, use máscaras. Por favor. Previne você, sua família e vai ajudar seus clientes”, pontuou o prefeito.

Vale lembrar que o decreto municipal que determinou uso obrigatório de máscaras por usuários do transporte público em Campo Grande também alcança táxis e aplicativos de carona como Uber e 99, que integram a categoria.

Na última segunda-feira (5), data em que o uso de máscaras compulsório teve início, clientes começaram a ser alertados da obrigatoriedade. Assim como nos ônibus, os taxistas poderão recusar passageiros e, no caso dos motoristas de aplicativo, a corrida pode ser cancelada caso o usuário não esteja utilizando o equipamento de proteção.

Após denúncias, Prefeito vai fiscalizar uso de máscaras por motoristas de aplicativo e taxistas
Mais notícias