Após denúncias, panificadora de Sidrolândia é obrigada a liberar funcionária com sintomas de coronavírus

Mesmo com orientação da Vigilância Sanitária, proprietário do local não aceitou normas.

Uma panificadora de Sidrolância, 70 quilômetros de Campo Grande, foi da na noite desta quinta-feira (9) por não dispensar uma funcionária que apresentava sintomas de coronavírus.

Segundo um morador, que preferiu não se identificar, mesmo com a presença da , o proprietário do local não aceitou a recomendação, e foi acionada.

“Estava ignorando as recomendações por não acreditar na doença. Todos os funcionários estão com suspeita ()”, disse.

Conforme o site Região News, a fiscalização notificou o dono do local para fechar as portas e descontaminar o estabelecimento.

A reportagem do Jornal Midimax tentou entrar em contato com a panificadora e a Prefeitura Municipal, mas não obteve retorno até a publicação deste material.

Após denúncias, panificadora de Sidrolândia é obrigada a liberar funcionária com sintomas de coronavírus
Mais notícias