Após cidades entrarem em zona de risco para Covid-19, Defensoria suspende atendimento presencial

SES classificou 13 cidades com alto risco de contágio

A -MS ( Geral do Estado de ) determinou a suspensão do atendimento presencial em suas unidades de 12 municípios que entraram na zona de risco para a . A portaria foi publicada na edição desta sexta-feira (20) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

A partir da próxima segunda-feira (23), os cidadãos serão atendidos apenas por telefone ou e-mail, devendo as equipes avisar antecipadamente a suspensão do atendimento presencial e os motivos.

Ontem, quinta-feira (19), a SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgou a atualização do mapa de classificação do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia). 

Das 79 cidades, 13 tiveram piora e são considerados com alto grau de contaminação pelo novo . Para elas, a recomendação do governo é manter em funcionamento apenas atividades essenciais e não essenciais de baixo risco.

Os municípios que regrediram de bandeira foram: Aral Moreira, Bataguassu, Caracol, Coronel Sapucaia, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Jaraguari, Juti, São Gabriel, Selvíria, Sonora e Três Lagoas.

Nas demais unidades, a Defensoria determinou que o atendimento ao público será feito na proporção de 70% pela via remota e 30% presencialmente.

Após cidades entrarem em zona de risco para Covid-19, Defensoria suspende atendimento presencial
Mais notícias