Após aglomerações, toque de recolher volta para 22h e fiscalização à noite será dobrada

De acordo com o prefeito o novo horário do toque de recolher passa a valer a partir desta sexta-feira (26)

Após diversas denúncias e flagras de aglomerações, a partir de sexta-feira (26) o toque de recolher volta a ter início às 22h em Campo Grande. Além disto, o prefeito () afirmou que a partir desta terça-feira (23), as fiscalizações noturnas serão dobradas.

Em transmissão ao vivo, o prefeito informou que a decisão foi tomada para não prejudicar todos os comerciantes noturnos. “O que nós decidimos fazer é intensificar em cima daqueles que a gente já sabe que não estão obedecendo”.

Assim, ele garantiu que o número de equipes de fiscalização será dobrada a partir desta terça-feira (23). “Então, tomem cuidado, a partir de hoje nós dobramos o número de fiscais nas ruas, principalmente nesses bares, lanchonetes e conveniências que a grande maior parte da população já sabe que está abusando”, avisou.

Toque de recolher

Outra medida que a Prefeitura de Campo Grande encontrou como enfrentamento ao avanço do coronavírus foi aumentar o toque de recolher. “A partir de sexta-feira o toque de recolher passou a ser das 22 até às 05h da manhã”, anunciou o prefeito.

Marquinhos lembrou que o horário de início do toque foi prorrogado em pedido do setor comercial. Entretanto destacou que “não souberam usar e nós somos obrigados a ouvir 89% da população que aplaude o toque de recolher às 22h”.

De acordo com o prefeito, o toque de recolher será válido em todos os dias da semana. Assim, do “dia 26 até os 30 dias seguintes, o toque de recolher vige das 22h às 05h do dia seguinte”, explicou.

“Talvez assim, as pessoas que vivem da noite, começam a ter consciência e respeitar aqueles que cumprem os regramentos e princípios da nossa cidade”, desabafou.

Isolamento social – Segundo informações expostas na transmissão, Campo Grande repetiu o pior índice entre todas as capitais do Brasil no último final de semana. No sábado (20) e domingo (21) apenas 36% dos campo-grandenses permaneceram em isolamento. O prefeito informou que na região das moreninhas somente 25% das pessoas mantiveram a quarentena.

Após aglomerações, toque de recolher volta para 22h e fiscalização à noite será dobrada
Mais notícias