Após acidente com pipa, família de Rafael precisa de ajuda para pagar exames e remédios

Adolescente sofreu uma descarga elétrica em acidente com pipa, e está sofrendo com complicações.

Rafael de Souza,14, sofreu uma lesão cerebral após ser atingido por uma descarga elétrica, enquanto brincava com pipa, em Campo Grande. Quase 1 ano depois do acidente, o adolescente está sofrendo com complicações e família cria vaquinha para pagar exames e remédios.

A mãe, Lilian Fernandes de Souza, conta que a vida virou de ponta cabeça após o acidente. Precisou parar de trabalhar para se dedicar 24h por dia ao filho. O marido está desempregado e faz alguns “bicos” para ajudar nas despesas.

“Nós contamos com a ajuda de anjos que nos ajudam, de pessoas que abraçam nossa causa. É uma situação muito difícil. Eu tive que sair do trabalho, porque eu passava o dia todo na Santa Casa. Hoje, preciso trocar a fralda dele, dar comida,e tudo, porque ele não anda e não fala mais”, explica.

Rafael sofreu uma descarga elétrica de mais 3 mil voltz e a oxigenação no cérebro resultou no lesão cerebral. Em consequência, a mãe percebeu sangramento no estômago e nas fezes. O exame de endoscopia de urgência que o médico solicitou pode demorar pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Após acidente com pipa, família de Rafael precisa de ajuda para pagar exames e remédios“Conseguimos encontrar uma clínica com exame mais em conta, mas não temos condições. O médico disse que (o sangramento) pode ser por conta dos remédios anticonvulsivos ou por uma bactéria, pois ele já havia sido internado. Ele precisa fazer a endoscopia digestiva para investigar, porque ele pode estar com úlcera avançada.

Para quem quiser ajudar, a vaquinha é online, clique aqui para acessar, ou qualquer ajuda por ser depositada na conta corrente da Caixa Econômica Federal.

Após acidente com pipa, família de Rafael precisa de ajuda para pagar exames e remédios
Mais notícias