Apenas 11 escolas pedem autorização para retomar aulas do ensino médio em Campo Grande

Poucos alunos retornaram às aulas nesta segunda-feira (19) em Campo Grande

O retorno das aulas presenciais para alunos do Ensino Médio não mobilizou a maioria das escolas de Campo Grande. Segundo informações da prefeitura, apenas 11 colégios assinaram o termo de compromisso com a , uma das condições para a retomada.

De acordo com o Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS), são 52 escolas que oferecem o Ensino Médio, sendo que 44 também possuem o ensino fundamental – que não foi liberado para voltar às aulas. Entretanto, a autorização da vigilância é para cada nível, ou seja: mesmo as escolas que já têm autorização para o Ensino Infantil devem fazer um novo protocolo junto à prefeitura.

Esta segunda-feira (19) foi o primeiro dia de aulas liberadas para esses alunos e algumas escolas não chegaram a ter nem 50% da quantidade liberada, que é 30% da capacidade. Foi o caso do Colégio Adventista, que teve presença de 45 dos 100 alunos que a instituição poderia receber.

Volta do Ensino Médio

O retorno dos alunos que cursam os três anos do Ensino Médio foi decidido durante audiência entre prefeitura, representantes das escolas e (Ministério Público de ), no dia 1º de outubro.

O decreto n. 14.492 acrescenta um artigo no texto anterior, publicado no dia 14 de setembro, que autorizava o retorno do Ensino Infantil.

Ensino Médio
O Colégio Adventista recebeu menos de 30% da capacidade de alunos do Ensino Médio. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Porém, para poder receber os alunos, cada instituição deve assinar um termo de compromisso com a , comprometendo-se a cumprir todas as medidas de biossegurança exigidas. As regras são as mesmas cobradas no retorno do Ensino Infantil, que aconteceu no mês passado. Veja algumas:

  • Capacidade máxima de 30% do estabelecimento;
  • Mesas e carteiras devem estar distantes 1,5 metro entre uma e outra;
  • Distanciamento mínimo de 5 metros para realização de aulas de educação física;
  • Uso de máscara facultativo para crianças de até 6 anos;
  • Deixar janelas abertas e evitar o uso de ar condicionado;
  • Crianças com secreções nas roupas terão que trocar de vestes;
  • Salas devem ser desinfetadas durante os intervalos e atividades externas;
  • Aferição de temperatura corporal;
  • O responsável por aferir a temperatura deve usar avental de manga longa, máscara e óculos ou protetor facial;
  • Funcionários devem manter o cabelo preso, unhas curtas e não utilizar adereços como brincos e anéis.
Apenas 11 escolas pedem autorização para retomar aulas do ensino médio em Campo Grande
Mais notícias