Cotidiano

Ao menos 7 municípios de MS registram geada e outros 3 tiveram sensação térmica abaixo de 0 ºC

A madrugada mais fria do ano, nesta sexta-feira (8), ocasionou o fenômeno da geada em ao menos 7 municípios de MS, segundo informações do meteorologista Natálio Abrão, da Uniderp. Na região da fronteira, temperaturas medidas ficaram próximas do zero, mas a sensação térmica foi negativa. Geada foi registrada em Nova Alvorada do Sul, Santa Rita […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 08/05/2020, às 08h04 - Atualizado às 15h05

Foto ilustrativa | Arquivo
Foto ilustrativa | Arquivo - Foto ilustrativa | Arquivo

A madrugada mais fria do ano, nesta sexta-feira (8), ocasionou o fenômeno da geada em ao menos 7 municípios de MS, segundo informações do meteorologista Natálio Abrão, da Uniderp. Na região da fronteira, temperaturas medidas ficaram próximas do zero, mas a sensação térmica foi negativa.

Geada foi registrada em Nova Alvorada do Sul, Santa Rita do Pardo, Amambai, Bela Vista, Caarapó, Iguatemi e Rio Brilhante. Já as cidades onde a temperatura foi mais baixa foram Iguatemi, com 1,1ºC e sensação térmica de -4ºC; Santa Rita do Pardo, com 4,8ºC, mas sensação de zero; e Itaquiraí, com 5,8ºC, mas sensação de 2ºC. Caarapó, Amambai e Bela Vista tiveram sensação térmica negativa, -3ºC, -1ºC e zero, respectivamente.

Em Campo Grande, os termômetros marcaram 10,1ºC e a sensação térmica foi de 7ºC. Em Corumbá, 12,2ºC e 9ºC. Coxim teve a mínima em 9,8ºC e sensação de 6ºC. Dourados marcou 11,4ºC, com sensação de 9ºC. Ponta Porã registrou mínima de 7,8ºC, mas a sensação foi de 4ºC. Em Três Lagoas, 7,6ºC, com sensação de 4ºC.

Alguns municípios registraram geada negra, quando a vegetação congela e deixa o caule das plantas escuro, danificando-as. O fenômeno foi registrado em Iguatemi, onde houve ventos de 42km/h; e em Rio Brilhante (2,9ºC).

Jornal Midiamax