Ao lado de Paris e Nova Iorque, Campo Grande está em lista mundial de cidades arborizadas

Única capital brasileira selecionada por seguir padrões das Nações Unidas, a cidade integra a lista "Tree Cities of the World"

Campo Grande é uma das 59 cidades mundiais a integrar o “Tree Cities of the World” (cidades arborizadas do mundo, em tradução livre do inglês), que reconhece cidades com boas políticas de arborização, em lista promovida pela FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e pela Fundação Arbor Day.

Ao lado de Paris e Nova Iorque, Campo Grande está em lista mundial de cidades arborizadas
Não há como falar de Campo Grande e não se lembrar da avenida Afonso Pena | Foto: Marcos Ermínio | Midiamax

Das 59 cidades que integram a lista “Tree Cities of the World”, apenas duas são brasileiras: Campo Grande e São Carlos, que fica no interior de São Paulo. Já na América Latina, a lista também inclui Barranquilla, na Colômbia, e Quito, no Equador. No mundo inteiro, também foram incluídas na lista as cidades Paris, Turin, Milão, Madri, Nova Iorque, Washington, São Francisco, Atlanta, Toronto, Auckland e Guadalajara, entre outras.

O reconhecimento de Campo Grande ocorreu devido à existência de uma política funcional de arborização. A “Tree Cities of the World” exige, no entanto, que as medidas municipais estejam evidenciadas pelo cumprimento de cinco padrões: atribuição de responsabilidades, existência de legislação efetiva, catalogação de plantadas, previsão de recursos públicos para política de arborização e celebração de resultados.

Capital das

Em Campo Grande, a pasta responsável pela política de arborização é a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), que dispõe até de um Guia de Arborização Urbana, para orientar campo-grandenses acerca do plantio e manutenção de . Segundo a secretaria, há cerca de 228.830 na cidade, conforme atualização das imagens de satélite de 2016, realizada pela Gerência de Fiscalização de Arborização da Semadur.

Ao lado de Paris e Nova Iorque, Campo Grande está em lista mundial de cidades arborizadas
Ipês na Avenida Afonso Pena | Foto: Leonardo de França

O número resulta na estimativa de que em Campo Grande, a cada 4 habitantes, há uma árvore. São, ao todo, 161 espécies de diferentes, das quais 92 são nativas. A propósito, o que faz da cidade uma das capitais mais verdes do país é o índice de arborização em área urbana, que chega a 96%, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Isso significa que 100 a cada 96 casas possuem uma árvore nas imediações.

Apesar de também ser conhecida como Capital dos Ipês, a espécie mais comum em Campo Grande é o oiti, que representa mais de 18% das viventes na cidade, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A primeira espécie de ipê que aparece é do tipo roxo, com 1,65% do total.

Vale lembrar, também, que a Prefeitura dispõe de dois viveiros municipais que distribuem gratuitamente para munícipes. Para obter uma unidade, é preciso dirigir-se-se até a Gerência de Arborização da Semadur (Rua Arthur Jorge, n° 507, das 08h às 11h e das 13h às 16h) e preencher requerimento. Após análise, servidores entrarão em contato para o cidadão retire a muda solicitada.

Ao lado de Paris e Nova Iorque, Campo Grande está em lista mundial de cidades arborizadas
Mais notícias