Agronomia do IFMS fica em 1º lugar no Centro-Oeste em conceito contínuo

O curso superior de bacharelado em Agronomia oferecido pelo Campus Nova Andradina do Instituto Federal de () obteve o conceito contínuo mais alto da região Centro-Oeste no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) aplicado em 2019.

Em uma escala que varia de 1 a 5, o curso oferecido pelo obteve o conceito geral 4, o mesmo de outras instituições de ensino. O que faz o Campus Nova Andradina estar em primeiro lugar no estado e na região Centro-Oeste são a nota bruta e o conceito contínuo obtidos: 62,05 e 3,17, respectivamente.

Ao todo, 51 instituições de ensino superior públicas e privadas do Centro-Oeste – das quais dez são de – participaram do Enade no ano passado. A prova foi aplicada em novembro.

No site do Enade, é possível extrair os dados relacionados aos cursos de Agronomia em e na região Centro-Oeste, além de consultar a metologia de cálculo do conceito e os Relatórios Síntese da Área Agronomia.

Para o coordenador do curso, Mateus Donegá, o resultado do Enade 2019 reflete o perfil dos estudantes, jovens que veem na formação superior a única forma de melhorar a vida deles e da família. Mas, o professor pontua outros fatores.

“Além das aulas teóricas e práticas, os alunos participantes da prova do Enade atuaram em projetos de pesquisa, ensino ou de extensão, o que agregou muito na formação deles. Outro fator que garantiu a permanência e êxito dos estudantes foi a possibilidade de receberem auxílios alimentação, transporte e monitoria, além de bolsas para pesquisa e extensão”.

O professor destaca ainda o empenho de todos os servidores envolvidos com o curso, entre efetivos e terceirizados, e das direções geral, de ensino, administrativa e de moradia do campus, além da qualidade do corpo docente.

“Aulas práticas no campo, visitas técnicas, aulas de laboratório e estudos de caso são alguns exemplos de formas com os professores procuram preparar os alunos para a vida após a graduação, pensando não somente na formação técnica, mas também na formação integral do cidadão”, destaca Donegá.

Para o diretor-geral do campus, Claudio Sanavria, o resultado demonstra o esforço de docentes e técnicos-administrativos envolvidos com o curso, além do comprometimento dos acadêmicos, muitos deles egressos do curso técnico integrada em Agropecuária.

“O Campus Nova Andradina tem um grande potencial na área e estamos investindo na expansão das nossas ações com a oferta de pós-graduação, mantendo na região os nossos talentos e oportunizando uma formação completa aos nossos estudantes”, ressalta.

O bacharelado em Agronomia é oferecido pelo em Nova Andradina desde 2015. O curso é ofertado em período integral e o ingresso é realizado, anualmente, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Outros resultados – Concluintes do bacharelado em Agronomia e do curso superior de tecnologia em Gestão do Agronegócio, ambos oferecidos pelo em Ponta Porã, também participaram do Enade em 2019.

O bacharelado em Agronomia, oferecido desde 2015, obteve o conceito geral 3, com a nota bruta 51,21 e conceito contínuo 1,94. Os índices o colocam em 8º lugar em , dentre as 10 instituições que oferecem o curso, e em 39ª entre as 51 instituições da região Centro-Oeste.

Com conceito geral 2, nota bruta 42,86 e conceito contínuo 1,94, Gestão do Agronegócio aparece em 8º lugar entre as 13 instituições de ensino que oferecem o curso na região Centro-Oeste. O é a única instituição a ofertar o curso em , desde 2011.

Enade – É uma prova obrigatória a todos os concluintes de cursos que constam na Portaria Normativa nº 19, de 13 de dezembro de 2017, do Ministério da Educação (), e no edital do Enade 2019.

A prova é composta por 40 questões, sendo 10 de conhecimentos gerais e 30 da formação específica. O estudante recebe uma nota de 0 a 100, baseada no percentual de respostas corretas, e a instituição um conceito de 1 a 5. (Informações da assessoria)

Agronomia do IFMS fica em 1º lugar no Centro-Oeste em conceito contínuo
Mais notícias