Cotidiano

43,2 mil litros de álcool 70% doados por indústria seguem em distribuição em MS

A Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) está fazendo a distribuição dos 43,2 mil litros de álcool 70% doados pela indústria Suzano à saúde de Mato Grosso do Sul. Seis municípios da região leste recebem os insumos, em pacote que inclui, ainda, 15 respiradores e 20 mil máscaras N95 […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 07/05/2020, às 07h53

Divulgação | Semagro
Divulgação | Semagro - Divulgação | Semagro

A Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) está fazendo a distribuição dos 43,2 mil litros de álcool 70% doados pela indústria Suzano à saúde de Mato Grosso do Sul. Seis municípios da região leste recebem os insumos, em pacote que inclui, ainda, 15 respiradores e 20 mil máscaras N95 que chegaram no dia 18 de abril, trazidos pela FAB 9Força Aérea Brasileira).

O álcool será entregue em galões de cinco litros cada, sendo 2.040 galões ou 10,2 mil litros para Três Lagoas, 1.500 galões (7,5 mil litros) para Água Clara, 900 galões (4,5 mil litros) para Ribas do Rio Pardo, 1.500 galões (7,5 mil litros) para Brasilândia, 900 galões (4,5 mil litros) para Santa Rita do Pardo e 900 galões (4,5 mil litros) para Aparecida do Taboado. Os municípios são onde a indústria tem atividades e também região bastante atingida pelo novo coronavírus.

A ação foi articulada pelo Governo do Estado por meio da Semagro com a Suzano. A empresa é referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, e está instalada em Três Lagoas.

“Nosso papel tem sido de articulação do setor produtivo para manutenção de empregos, renda, linhas de crédito e principalmente montar uma rede de responsabilidade privada em parceria com o setor público, e temos encontrado empresas motivadas em encontrar alternativas para salvar vidas e para que o Estado possa passar por esse período preservando vidas e sem danos mais graves”, disse o secretário Jaime Verruck, titular da Semagro.

Jornal Midiamax