14 motoristas são multados por viagens clandestinas em MS durante operação

Maior parte dos passageiros que entravam no Estado são bolivianos.

A (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos), divulgou, nesta sexta-feira (6), os resultados da operação realizada em rodovias de . Cerca de 23 autuações foram feitas entre 23 a 31 de outubro, sendo 14 multas por viagens clandestinas.

De acordo com o balanço, foram abordados 152 veículos de transporte de passageiros e ônibus, ente os perímetros urbanos de Campo grande, nos Postos da Polícia Rodoviária Federal de Jaraguari (BR-163), Sidrolândia (BR-060), Miranda ( Oeste) e Três Lagoas ( Leste).

O objetivo da fiscalização é averiguar denúncias de irregularidades no transporte intermunicipal, principalmente, em veículos de aplicativos e ou motoristas autorizados por empresas.

A maior parte das autuações foram feitas em Miranda, em pontos que passageiros vinham do município e de Corumbá, com destino a Capital. No posto da foram feitas 18 autuações com multa, sendo a maioria por transporte clandestino e 99% dos casos os passageiros são bolivianos.

Dos flagrantes em viagens irregulares, quando o transporte é remunerado, mas sem autorização, foram 14 autuações; mais três por desvirtuamento da finalidade da atividade de transporte de passageiros com valores diferentes; duas por ausência de documentação de vistoria ou outra exigida no veículo; e uma autuação por veículo em más condições.

Segundo a , o fretamento é uma modalidade de transporte de passageiros com normas e fiscalizações. As operações mais recentes multaram seis empresas pela prática irregular. Cada veículo levava, em média, 25 passageiros.

14 motoristas são multados por viagens clandestinas em MS durante operação
Mais notícias