Zezé elogia MS e recebe promessa de título de cidadão em evento do Fasp 2019

O cantor disse ser um grande apaixonado pela natureza e beleza da região e se diz defensor da Cota Zero

Zezé Di Camargo não poupou elogios para falar do Pantanal. Na manhã desta quarta-feira (16), durante o lançamento oficial do Festival América do Sul Pantanal, o cantor disse ser um grande apaixonado pela natureza e beleza da região e se diz defensor da Cota Zero (decreto que estabelece que apenas 5 kg de pescado poderão ser capturados por pescadores não-profissionais). Na ocasião, o governador Reinaldo Azambuja disse que os deputados irão votar um projeto de lei para nomear o cantor de sertanejo como cidadão sul-mato-grossense.

Em sua fala, Azambuja ressaltou que o título será de merecimento do artista. “Ele merece pelo respeito e apoio que dá ao Pantanal. Até o peixe que ele come, ele traz, não come peixe do Pantanal”, disse.

O cantor conta que há mais de 18 anos é apaixonado pelo Pantanal. “Sempre venho a turismo e me encanto. Vejo as pessoas comentando sobre outros destinos e sempre indago ‘vocês conhecem o Pantanal?’, praias há muitas pelo mundo, mas pouco é falado do Pantanal”.

Durante o evento, Zezé também contou a vez que conheceu o prefeito de Corumbá. “Na última vez que vim para a cidade conheci o prefeito Ruiter Cunha e em conversa com ele, pedi o telefone do governador do estado para conversar sobre o Pantanal e como era pouco divulgado o turismo. Desse papo ideias foram surgindo”.

Investimento

Para a realização do Festival América do Sul Pantanal, que vai acontecer de 14 a 17 de novembro em Corumbá e Ladário, está sendo investido um total de R$ 3,6 milhões. “A cada um real usado, volta R$ 5. Então teremos muito retorno financeiro, tenho certeza que esse valor não é custo e sim investimento”, disse Azambuja.