VÍDEO: passageira perde a perna em acidente com ônibus do Consórcio Guaicurus

Família conta que não recebeu nenhum auxílio por parte do Consórcio até o momento

A dona de casa Maria da Assunção Oliveira de 71 anos perdeu a perna após sofrer acidente no momento em que tentava embarcar em um ônibus na Avenida Calógeras entre a Barão do Rio Branco e Dom Aquino, Centro de Campo Grande na manhã do último dia 4 de setembro.

No vídeo de 16 segundos aparece o coletivo Bairro Rita Vieira estacionando. O motorista então abre a porta e duas passageiras sobem. Logo após o último embarque, Maria chega três segundos depois, porém a porta é fechada.

Ela chega a acenar para o motorista com uma das mãos, porém o ônibus sai, momento em que a idosa sofre o acidente. Um carro sai de um estacionamento e por isso não é possível ver quando a roda traseira do ônibus passar por cima da perna de Maria.

Desde o dia do acidente a idosa está internada na Santa Casa, onde amputou a perna esquerda na altura da coxa. A dona de casa chegou a ficar em coma durante nove dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital.

A filha, Kátia Maria de Oliveira Freitas, 39, conta que a mãe precisa ser acompanhada por um fisioterapeuta e até o momento o Consórcio Guaicurus não prestou nenhum tipo de assistência. Fisioterapeuta que atende ela e os demais pacientes da Santa Casa não é suficiente para uma melhora adequada e mais rápida da idosa, relata a filha.

No dia do acidente, Kátia conta que a mãe estava no Centro e retornava para casa. “Ela teve a perna esmagada, foi atendida no local por uma equipe avançada do Samu. No hospital, o médico disse que tinha que amputar a perna”, lembra a respeito da mãe que perdeu muito sangue e foi levada para atendimento com pressão arterial de 4 por 6.

“Hoje que ela conseguiu sentar-se”, diz Kátia. Ainda muito abalada, dona Maria encontra-se internada no setor de traumas do hospital. Ainda de acordo com Kátia, o trabalho de fisioterapia neste momento, é de extrema importância para que a mãe volte a ter a mesma força na perna direita e braços que perdeu devido a sua debilitação.

Após isso, será avaliado o uso de uma prótese. Até o momento, Maria da Assunção recebe auxílio da equipe do hospital, do marido de 80 anos, da filha e demais familiares. Se algum fisioterapeuta quiser ajudar Maria da Assunção, pode entrar em contato pelo 99252-2863.

A reportagem entrou em contato com o consórcio Guaicurus e até o momento não recebeu posicionamento a respeito do caso.

VÍDEO: passageira perde a perna em acidente com ônibus do Consórcio Guaicurus
Mais notícias