VÍDEO: Outra cilada? Consórcio testa ônibus mais longo que pode substituir articulados

O veículo tem interior simples e não possui ar condicionado

Veículo novo, com mais espaço e mais potente. São estas as características do ônibus novo, que entrou em fase de testes em Campo Grande. Adquirido pelo Consórcio Guaicurus, o novo ‘busão’ poderia até ser uma boa notícia para os usuários do transporte público, se não fosse pela possibilidade de terem sido trazidos para substituir os articulados.

Os administradores da página Ligados no Transporte foram até a garagem da Viação Campo Grande e fizeram um ‘tour’ pelo ônibus novinho. Para quem vê de fora, o veículo não traz muita diferença do modelo que já circula normalmente pelas ruas da Capital. Até mesmo no interior, o padrão é o mesmo, mas o administrador da página, Gabriel Santos, aponta que há, sim, diferenças.

O ônibus, de carroceria Marcopolo e de chassi Volvo, possui 15 metros de comprimento, terceiro eixo direcional e chassi de 270 cavalos de potência – enquanto os atuais possuem apenas 210. O ônibus também deve oferecer maior conforto e menos impacto durante a viagem. O veículo possui capacidade de 35 pessoas sentadas e 77 pessoas em pé.

“É um veículo simples, tem o mesmo padrão, só é mais confortável e potente. É um veículo que tem um eixo a mais. Normalmente, [o ônibus] tem quatro rodas, mas este tem um eixo a mais. Além disso, o ônibus trucado tem 15 metros, não 13 metros [como é geralmente]”, explica Santos.

Os dois metros a mais de espaço até poderiam ser uma pequena vitória para comemorar, mas o especialista em ônibus adianta que o novo carro pode servir como substituto para os articulados. “É uma faca de dois gumes. O Consórcio traz para fazer um teste, só que [o ônibus] não é o ideal. Ideal seria só se ele viesse e ainda deixassem os articulados”, comenta. O administrador da página ressalta que em 2012, eram quase 50 ônibus articulados em Campo Grande, enquanto hoje são apenas 13.

Para Santos, o ônibus seria uma boa alternativa para linhas como a 070, 081 ou 085. Entretanto, para linhas de maior demanda, como a 080, não seria indicado. O administrador da página explica que o veículo foi colocado nas ruas na sexta-feira (5) e os testes devem apontar se o Consórcio fará a compra.

Vale lembrar que o Consórcio Guaicurus já tem um histórico de retirar os ônibus articulados com a chegada de veículos novos e menores. Em setembro do ano passado, apenas dois dias depois de apresentar 20 novos carros e com direito até a fogos de artifício, a Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos) autorizou a retirada dos ‘sanfonados’ de circulação.

O Jornal Midiamax entrou em contato com o Consórcio Guaicurus ainda na manhã da segunda-feira (6), mas não obteve resposta até a publicação da matéria.

Confira o vídeo: 

Teste – Parte 01

Teste – Parte 01

Publicado por Ligados no Transporte em Segunda-feira, 29 de julho de 2019

 

Mais notícias