VÍDEO: Lixo da Unei e mato alto viram pesadelo de moradores do Los Angeles

Diariamente, vasilhas de marmitex se acumulam pelas ruas próximas à Unei e atraem de baratas a cobras

Moradores das imediações da Unei (Unidade Educacional de Internação) Novo Caminho, no bairro Los Angeles, descrevem uma rotina de abandono. Segundo os relatos, a exposição ao lixo e ao mato alto transformaram as ruas em selva, com direito até a fauna peculiar, como cobras, ratos, escorpiões e muitas baratas.

“Virou um inferno aqui. Além do mato alto, que tomou a rua, a gente tem que lidar com o lixo que vem da Unei. É vasilhame de marmitex por todo lado. Resto de comida, aquele mau cheiro. Tá atraindo rato, barata, escorpião. Já matamos até cobra aqui”, conta a costureira Rosângela Aquino Silva, de 38, que mora há três anos na região.

“A gente só quer uma solução, porque nos sentimos esquecidos por conta desse lixo e desse mato. A gente faz a limpeza da rua, mas não tem jeito, todo dia aparece vasilha de marmitex. Não sei se é cachorro que rasga o saco ou se é catador, mas estamos vivendo em lixão a céu aberto. Ninguém aguenta mais”, completa a costureira.

O Jornal Midiamax acionou a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e a Prefeitura de Campo Grande. Por e-mail, a reportagem foi posicionada pela SAS (Superintendência de Medidas Socioeducativas) de que, ao tomar conhecimento do fato ocorrido, já foram adotadas “as medidas necessárias para que tal situação não volte a se repetir”. Já a Prefeitura destacou que a “reclamação será encaminhada à Divisão de Limpeza Púbica da Sisep para providencias”.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

Os leitores reportaram a denúncia através do WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

VÍDEO: Lixo da Unei e mato alto viram pesadelo de moradores do Los Angeles
Mais notícias