Mistério: 1 morre e 3 estão em isolamento após surto de doença respiratória em fazenda de MS

SES investiga possíveis causas

Campeiro de 43 anos morreu, nesta quinta-feira (24), e outros três funcionários são mantidos em isolamento, na Santa Casa do Corumbá – distante 428 km de Campo Grande – depois de apresentarem sintomas de grave pneumonia. Eles deram entrada na unidade de saúde na quarta-feira (23) e apresentam sintomas de doença respiratória. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) investiga o caso.

Os quatro trabalhavam numa mesma propriedade rural na região da Nhecolândia, há 6 horas de Corumbá, e foram diagnosticados com pneumonia severa. A SES suspeita de influenza e hantavirose e informou que amostras de sangue das vítimas serão enviadas para análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) de Campo Grande, neste sábado (26).

Todos apresentaram os mesmos sintomas – cefaleia, febre, dores no tórax e lombar, náuseas, tontura, inapetência e diarreia –, após terem contato com outras duas pessoas que chegaram gripadas na propriedade. Contaram aos médicos, ainda, que conviveram com os sintomas por 10 dias, antes de procurar orientação médica.

A SES informou, ainda, que todos os pacientes começaram tratamento com o medicamento Tamiflú e suporte de soroterapia. Internadas na ala vermelha do pronto-socorro municipal, as vítimas têm 20, 51 e 60 anos e uma delas possui histórico de hepatite, conforme o boletim médico.

Mais notícias