Trégua: chuvas diminuem no final de semana e tempo deve ficar nublado em MS

Apesar do fim da instabilidade, aguaceiro poderá voltar no início da próxima semana

Depois de uma semana intensa de chuvas e tempestades em várias regiões de Mato Grosso do Sul, a previsão do tempo para o final de semana mostra que haverá uma pequena trégua na instabilidade e o sol poderá retornar mesmo que entre nuvens, de acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul).

Mesmo com o possível fim da instabilidade nos próximos dois dias, as chuvas poderão voltar logo no início da segunda-feira.

Falando em temperaturas, elas também seguirão o prognóstico e devem subir tanto no sábado como no domingo, embora ainda há possibilidades de chuvas isoladas em pequenos pontos do Estado. As máximas previstas podem chegar até os 36° graus.

Para o sábado, o tempo ficará parcialmente nublado em grande parte de Mato Grosso do Sul. Na região norte e do bolsão, ainda que chance mínima, pode ocorrer algumas pancadas de chuvas de forma isolas. Destaca-se a umidade relativa do ar que poderá abaixar até os 30% em determinados momentos do dia com o aumento das temperaturas.

Já para o domingo, a possibilidade de chuva e trovoadas ocorrer mais para o norte do Estado. Na região sul é esperado que o céu fique parcialmente nublado e as demais regiões ficam com céu nublado, mas podendo mudar repentinamente e tendo pancadas de chuvas menos densas. A temperatura varia entre 17° e 36° graus.

Acumulado de chuva

Algumas cidades do Estado estão perto de atingir a média de precipitação esperado para o mês de dezembro. Segundo o meteorologista Natálio Abrãao, o município de Amambai está com 146,4mm de acumulado e Itaquirai acumulou 105mm, sendo que o esperado para o último mês do ano é de 173,6mm.

A capital sul-mato-grossense, registrou em dois dias, 54,2mm e a média mensal para o mês é de 206,5mm e correspondeu cerca de 26,3% para o mês.

Ventos assustam

Como a semana foi marcada pelos vários alertas de tempestades, as rajadas de vento também vieram e assustaram alguns moradores de inúmeros municípios e causou alguns transtornos. Nas cidades de Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria e Santa Rita do Pardo, os ventos atingiram a média de velocidade acima dos 60 km/h.

Mais notícias