Transporte Escolar: Após acordo com Itaporã, indígenas se reúnem com secretário de Dourados

Prefeito de Itaporã prometeu ônibus por 30 dias para liberação da rodovia MS-156 nesta quinta-feira

Após o acordo com o prefeito de Itaporã Marcos Pacco que irá conceder o transporte escolar para universitários das reservas indígenas de Dourados, representantes do grupo que fechou a rodovia MS-156 se reúnem nesta sexta-feira com o secretário de educação de Dourados, Upiran Jorge Gonçalves da Silva.

A reunião deveria ter ocorrido ontem, mas os indígenas preferiram ouvir primeiro o prefeito da cidade vizinha que foi até o local de bloqueio para falar as lideranças. A conversa de três horas liberou o tráfego ainda na quinta-feira.

Ao prefeito de Itaporã, os indígenas colocaram a possibilidade de voltar a bloquear a rodovia caso os secretários douradenses não passem nenhuma proposta ou prazo para solucionar o problema dos ônibus que afeta os universitários.

Ao Jornal Midiamax nesta semana, a assessoria de imprensa revelou que a prefeitura não tem como resolver a situação de imediato e que precisaria contratar uma empresa via licitação para fazer a manutenção da frota que está parada. Este processo chegou a ser aberto, mas foi suspenso na terça-feira (1) e não novo prazo.

Os universitários trancaram a rodovia desde as primeiras horas do dia 1º e pedem a volta do transporte que, segundo eles, não passa há mais de 30 dias. Com isso, os estudantes correm risco de serem reprovados por faltas.

Mais notícias