Chuva chega com temporal e deixa rastro de destruição no interior de MS

Chuva durou minutos, mas foi o suficiente para deixar a cidade um caos

Depois de um longo período sem chuva, a cidade de Amambai, distante a 350 quilômetros de Campo Grande, acompanhou na noite desta quinta-feira (19), o aguaceiro voltar a cair com extrema força e causar temporal em parte do município, ocasionando destelhamento de casas, quedas de árvores e até destruição de alojamento.

O último registro de chuva aconteceu há 100 dias. O temporal ficou concentrado em apenas uma parte da cidade, mas foi o suficiente para causar destruição. As vilas mais atingidas foram Limeira, Santo Antônio, Vila Militar, Vila Etelvina, conjuntos habitacionais, Caiuás, Nhú-Vera, São Luiz, Indiana e parte da Vila Marechal Rondon.

O principal resquício de destruição aconteceu em um barracão de uma empresa que está sendo responsável pela restauração do asfalto da MS-289, trechos que ligam as cidades de Amambai e Coronel Sapucaia. De acordo com o site A Gazeta News, a estrutura desabou sobre os veículos e caminhões e dois funcionários que estavam no alojamento ficaram feridos e encaminhados encaminhados para o Hospital Regional da cidade.

Chuva chega com temporal e deixa rastro de destruição no interior de MS
Diversas árvores caíram com a força do vento. (Divulgação, A Gazeta News)

A escola municipal Júlio Manvailler teve parte da fachada arrancada pela força do vento e as árvores que ficam próximas a unidade, caíram sobre os carros de dois professores que estavam estacionados em frente à escola.

Inúmeras casas perderam parte dos telhados depois do vendaval. Um caso registrado identificou que uma árvore caiu sobre uma casa e provocou maiores danos aos proprietários do local. As quedas de árvore também foram responsáveis por romper cabos da rede elétrica, deixando a cidade às escuras.

Embora tenha tido uma intensidade além do esperado, a chuva não deixou desabrigados. A Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e a Assistência Social do município devem identificar nesta sexta-feira (20), após levantamento, se haverá necessidade de auxílio a moradores.

Chuva chega com temporal e deixa rastro de destruição no interior de MS
Mais notícias