‘Te amo muito’: cantor sertanejo dá adeus ao pai, médico assassinado na fronteira

Postou nas redes sociais a última mensagem que enviou ao pai

O cantor Matheus Pagan divulgou em seu Instagram a última mensagem que trocou com o pai, o médico José Marcial Centurion Cáceres, de 50 anos. José foi assassinado a tiros na terça-feira (11), logo após deixar o plantão do hospital em que trabalhava, na fronteira de Ponta Porã, a 346 quilômetros da Capital.

O filho de José, que é músico, divulgou nos stories o print da última conversa que teve com o pai. “Bom dia filho”, “Bom dia pai. Te amo muito”. Ele ainda publicou novamente a frase “Te amo muito meu velho querido”. As mensagens foram trocadas algumas horas antes do crime que tirou a vida do médico.

Entenda o caso

No início da tarde de terça-feira (11), José foi assassinado com pelo menos 15 tiros, quando saía do plantão no hospital em que trabalha, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Testemunhas contaram à polícia que o suspeito à espera da vítima há horas.

José conduzia o Kia Sorento, branco, quando foi surpreendido por um motociclista armado. O suspeito atirou várias vezes contra o veículo e contra o médico, que morreu no local. O caso segue em investigação pela polícia paraguaia.

Mais notícias