Saque do FGTS: fila dobra esquina e exige paciência no Centro

Campo-grandenses podem sacar até R$ 500 do FGTS

Desde o último dia 20 de dezembro, trabalhadores que têm direito a saque imediato do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) vão a agências da Caixa em busca dos valores de até R$ 500. Nesta sexta-feira (27), fila enorme de campo-grandenses em busca do valor se formou em agência localizada no Centro da cidade.

Na agência localizada na rua 13 de Maio com a Marechal Cândido Mariano, bem no Centro da cidade, fila dobrou a esquina antes da abertura do banco, por volta das 10 horas. A grande procura dos trabalhadores está relacionada a recesso de algumas empresas, com isso, muita gente só teve tempo de fazer o saque nesta sexta.

Em Mato Grosso do Sul 163 mil trabalhadores poderão sacar e saques devem injetar R$ 41 milhões na economia do estado. Em setembro, a Caixa começou a liberar o saque de até R$ 500 por conta ativa ou inativa do FGTS. Mas este mês, o governo autorizou a liberação de saque da totalidade das contas que, em 24 de julho deste ano, possuíam saldo de até R$ 998. A parcela ‘extra’ liberada, assim, é de até R$ 498 por conta.

A data limite para que o trabalhador faça o saque é 31 de março de 2020 – essa data vale tanto para os saque total quanto para o valor extra no caso dos trabalhadores que já sacaram os primeiros R$ 500.

Caso o saque não seja feito até a data, os valores retornam para as contas do FGTS, com a devida atualização monetária e juros correspondentes ao período em que estiveram disponíveis para saque.

Os correntistas que não quiserem fazer a retirada têm até o dia 30 de abril de 2020 para informar ao banco que preferem manter o dinheiro no Fundo de Garantia. Nesse caso, mesmo que o crédito tenha sido feito na conta, a Caixa tem até 60 dias para retornar os valores para a conta vinculada de FGTS. O saque imediato não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020. (Colaborou Evelin Cáceres)

Saque do FGTS: fila dobra esquina e exige paciência no Centro

Mais notícias