Sabe o que é? Faixa amarronzada aparece no céu de Campo Grande e intriga moradores

Fenômeno é comum durante a estiagem e chamou a atenção de leitores

Já observou o céu nesta segunda-feira (12)? Pelo menos pela manhã, uma faixa “misteriosa”, de cor amarronzada, dividia o céu de Campo Grande, o que deixou muita gente intrigada sobre o que a formou e do que é feita.

A cor amarronzada da faixa já dá uma boa dica de sua composição. Trata-se basicamente de uma aglomeração de poluição, que não deverá se dissipar na atmosfera ou precipitar no solo enquanto não houver chuva.

“Essa faixa é muito comum em dias secos e sem chuva, que é o caso de Campo Grande, onde não tem chuva de grande porte há 26 dias. Então, a poluição fica concentrada nos baixos níveis da atmosfera”, detalha Franciane Rodrigues, especialista em Meteorologia e Coordenadora do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul).

Amarronzada

Pôr do sol na Capital chama atenção de visitantes que se deparam com ‘céu vermelho’, mas também é reflexo da estiagem e da poluição | Foto: Henrique Kawaminami | Arquivo Midiamax)

Comuns em grandes centros urbanos como São Paulo, a pluma de fumaça tem até um nome científico: aerossóis atmosféricos. A poluição que dá a coloração aos aerossóis, no caso, vêm de veículos motorizados e de fábricas, mas as queimadas comuns desta época contribuem ainda mais para a pluma de fumaça ser mais perceptível. Além da poluição, a própria poeira do solo também compõe a pluma.

“Ao pôr-do-sol, os aerossóis deixam o céu avermelhado, sinal de que o ar esta muito poluído. Isso ocorre porque estamos sob predomínio de uma massa de ar seco atuando como bloqueio atmosférico, que esta impedindo a formação das chuvas”, acresce

A faixa deve permanecer visível pelo menos até o dia 28, quando há previsão para a primeira chuva relevante em Campo Grande, de acordo com o Cemtec. Confira abaixo a galeria com mais imagens.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

A sugestão de pauta foi enviada ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias