Representando UFMS, professora desenvolve ideia no programa Google Innovators

UFMS

No início deste mês a professora Daiani Damm Tonetto Riedner participou da Academia de Innovators da Google de 2019. O objetivo da Academia é ajudar os selecionados para o programa Google Innovators a desenvolverem projetos de inovação para enfrentar grandes desafios.

A professora foi a única pesquisadora de Mato Grosso do Sul aprovada e o desafio apresentado por Daiani está em entender como engajar os estudantes da licenciatura para que eles se sintam mais parte do processo de formação e como a tecnologia pode fazer com que eles tenham experiências mais criativas e desafiadoras de aprendizagem, e que assim possam levar essas experiências para sua atuação na educação básica.

“Nesses três dias de imersão na Academia, a ideia era criar um protótipo de uma solução para esse desafio que eu propus e o que a gente conseguiu delinear lá é criar um programa institucional de tutoria de tecnologia em que os estudantes das licenciaturas possam atuar ou na sala de aula ou em outras turmas que não sejam a que ele esteja cursando no momento, para auxiliar os professores na questão da adesão da tecnologia na prática pedagógica”, explica Daiani.

Além de aproximar os estudantes do processo de aprendizagem e fazer com que os professores das licenciaturas se sintam confortáveis em usar tecnologias (e desafiados a mudar), há também a intenção de levar este projeto para a educação básica das escolas públicas.

O protótipo de solução será desenvolvido ao longo do próximo ano e a professora Daiani terá uma mentora da Google até dezembro de 2020 para orientá-la. “A expectativa é que esse projeto tenha capilaridade, tenha um potencial grande de inovação nas práticas dos professores. Temos muito trabalho pela frente”.

Mais notícias