Reaberto em outubro, lago do Parque das Nações Indígenas volta a esvaziar

Lago maior está com pouca água, um mês após retirada de sedimentos

As obras no lago maior do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, acabaram em outubro, um dia antes do feriado prolongado e começou a ser cheio, com previsão de completar a água até o dia 11 do mês passado. Mas, pouco mais de 30 dias depois o lago, um dos principais cartões postais da Capital, voltou a esvaziar e a terra toma conta do local neste domingo (17).

A água é escassa e a promessa de enchê-lo em dois dias, não foi cumprida. Na época, o lago não ficou

Capivara no meio do lago. Cena comum antes da retirada do sedimento, volta a fazer parte da rotina do lago. (Marcos Ermínio, Midiamax)

completamente cheio, mas era suficiente para cobrir a terra. Se comparado com agora, é visível como voltou a esvaziar nos últimos dias. 

Em março deste ano, o assoreamento deu as caras e assustou a população, que realizou vários protestos no lago. Em conjunto, a Prefeitura de Campo Grande e o Governo de Mato Grosso do Sul, fizeram um acordo para tocar as obras no local, que começaram em junho. 

Ao município, ficou a responsabilidade de tirar toda a terra do lago. Foram 140 mil metros cúbicos de terra. Ao Estado, o compromisso de revitalização em decks e outros locais necessários, como a construção de gabiões, que devem custar em torno de R$ 900 mil, além do aporte financeiro ao município.

Lago continua seco. (Marcos Ermínio, Midiamax)

A necessidade de realizar obra na contenção nas muretas foi descoberta após a retirada de todo sedimento do lago, em agosto.

Quando foi reaberto, no mês passado, o secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente), Jaime Verruck comentou que os gabiões para conter o assoreamento ainda não tinham sido substituídos e que deveria acontecer e entre 60 ou 90 dias, prazo em que a licitação para construção dos gabiões deve ficar pronta.

A reportagem do Midiamax ligou para Verruck para saber o que motivou a diminuição da água, mas ele não foi localizado.