Publicidade

Questões fundiárias é um dos temas abordados na 13° Assembleia Terena em MS

Evento deve contar com políticos e personalidades de órgão públicos

Com o tema principal focado nas questões fundiárias e territoriais, problemas na saúde e na educação, lideranças indígenas, comunidades de outras aldeias e membros de órgãos públicos dão início a 13° Grande Assembleia Terena que acontece na Aldeia Ipegue, na cidade de Aquidauana, distante a 140 quilômetros de Campo Grande e tem abertura marcada para esta quarta-feira (8).

A expectativa é de que a assembleia reúna pelo menos mil lideranças indígenas entre terena e demais povos para que tenha debate sobre diversos assuntos entre palestras, shows e encontros com políticos de vários estados, incluindo de Mato Grosso do Sul.

“Vem em um contexto muito preocupante, visto que os direitos originários, não só dos povos indígenas, mas de todos aqueles que necessitam do atendimento estão acabados, estão sendo atropelados e a assembleia vem justamente nesse momento”, afirmou Lindomar Terena, 45 anos e membro do Conselho Terena e coordenador-executivo da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil).

Lindomar explica que a assembleia levará pessoas com domínios de cada tema para realizar falas, análises e que durante o evento, exista o debate entre as lideranças, professores, mulheres e juventude, principalmente sobre a reforma da previdência. “É um momento de fortalecimento da luta dos povos a nível brasileiro, mas também é um momento de fortalecimento de todos os movimentos que lutam por direito, todos os movimentos sociais a nível do Estado de MS”.

O membro do conselho acrescenta que a assembleia não possui restrição e é livre para todos os públicos que quiserem acompanhar. Ele pontua que é um motivo para que as pessoas possam entender a luta e a realidade vivida pelos povos indígenas.

O início do evento acontece hoje a partir das 18 horas com jantar e a chegadas das lideranças e mais tarde, às 19 horas, a abertura da assembleia. Foi criado no Facebook, um evento servindo como divulgação da assembleia.

Devem participar do evento, os deputados federais Vander Loubet (PT) Dagoberto Nogueira (PDT) e Pedro Kemp (PT), além de outros cinco deputados federais do Brasil. Órgãos como MPF-MS (Ministério Público Federal), DPU-MS (Defensoria Pública da União), Funai (Fundação Nacional do Índio), AGU-MS (Advocacia Geral da União) e a cantora Maria Gadú também estarão presentes.

Mais notícias