Quedas de árvores deixam ao menos 8 bairros sem energia em Campo Grande

Ventania foi rápida, mas causou estragos

A rápida ventania que chegou a 52 quilômetros por hora em Campo Grande, na tarde desta terça-feira (19), derrubou várias árvores pela cidade e também deixou ao menos 8 bairros sem energia. As informações são do atendimento da Energisa.

A região da Capital mais afetada pelos ventos fortes e a chuva foi a oeste, que compreende bairros como Vila Sobrinho e Vila Palmira. Ainda segundo a concessionária, vários postes caíram na região, danificando a rede elétrica.

Durante a tarde, por volta das 15 horas, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender várias quedas de árvores, principalmente nos bairros da região oeste. Até o momento não há registro de feridos, apenas danos materiais.

Para moradores, atendentes da concessionária afirmam que a energia pode demorar a voltar e ser restabelecida por volta da meia-noite.

Em nota, a Energisa informou que a interrupção no fornecimento de energia ocorrida na tarde de hoje (19) na Vila Palmira, foi provocada por rompimento de cabo da rede elétrica, depois que a forte ventania derrubou galhos de árvores.

Segundo a concessionária, foram encaminhadas equipes para efetuar os reparos e normalizar o fornecimento de energia.

Estragos

A Capital registrou também trovoadas e as temperaturas caíram 4°C, durante a chuva que caiu por 15 minutos e afetou a região da Vila Sobrinho e bairro Amambaí, com quedas de árvores, energia e vários galhos.

Na Marechal Rondon, próximo a antiga rodoviária, a força dos ventos derrubou uma árvore e o tronco acabou ‘fechando’ parte da rua no sentido centro-bairro. Os galhos chegaram a atingir um carro que estava parado no semáforo, mas ninguém se feriu.

À reportagem, Rildison Olarte, de 32 anos, disse que deu um vento muito forte no momento da chuva e só deu para escutar um barulho. A queda da árvore atingiu a fiação de energia elétrica e a região do Bairro Amambai está sem luz.

Na região da Júlio de Castilho a ventania desfolhou árvores e folhas encobriram as calçadas. No Monte Castelo os bombeiros também foram acionados por conta de uma queda de árvore.

Na região da Vila Sobrinho, vários galhos estavam caídos pelas vias e, conforme moradores, a pancada durou por 15 minutos e a ventania, por 5. Na avenida América com a Antonio Maria Coelho também teve registro de queda de árvore em cima de carro que estava estacionado. (Atualizada para acréscimo de informações às 20h44 de 19/11/2019)

Mais notícias